Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 20, 2008

Dantas é alvo de outra investigação da PF (Folha)

Banqueiro e sócios são investigados por supostos crimes financeiros após informações encontradas em computadorInvestigados afirmam que não receberam nenhuma informação da investigação; polícia vê acesso a informações privilegiadasANDRÉA MICHAELDA SUCURSAL DE BRASÍLIAPersonagem crucial no processo de aquisição da Brasil Telecom pela Oi, o banqueiro Daniel Dantas, dono do Opportunity, e seus principais sócios e executivos são alvo de uma outra investigação da Polícia Federal que começou com base na quebra de sigilo do computador central do banco apreendido pelos policiais federais em setembro de 2004.Segundo a equipe de policiais que trabalha no caso, a existência de fortes indícios de crimes financeiros poderia levar à prisão pelo menos 20 pessoas, cumprimento de mandados de busca e apreensão de documentos e bens em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e Pará, além de procedimentos de cooperação de órgão policiais internacionais em três países: Estados Unidos, Itália e França.Além de Da…

20 anos depois, equipe de resgate do césio é indenizada (Folha)

Bombeiros, policiais e demais funcionários públicos receberão R$ 482 por mês do Estado de Goiás; pensão não é retroativa

199 pessoas terão direito ao benefício, segundo decreto publicado ontem pelo governo; outras vítimas ainda aguardam decisão

SEBASTIÃO MONTALVÃO
COLABORAÇÃO PARA A AGÊNCIA FOLHA, EM GOIÂNIA

Vinte anos depois do acidente com o césio-137, ocorrido em Goiânia (GO) em setembro de 1987, um grupo de 199 vítimas finalmente teve seu direito a indenização reconhecido pelo poder público.

Os beneficiados são funcionários públicos (como policiais e bombeiros) que trabalharam durante a tragédia. Eles integram o chamado grupo 3, de pessoas que tiveram contato direto ou indireto com outras contaminadas.

Esses funcionários receberão pensão vitalícia -não retroativa- de R$ 482 do governo de Goiás.

Com o reconhecimento, chega a 397 o número de pessoas que recebem pensão estatal em virtude do acidente.

Em 13 de setembro de 1987, catadores de sucata violaram uma cápsula de material radioativo u…

Avô diz que policiais alteraram cena do crime (Folha)

DA REPORTAGEM LOCAL

O advogado Antonio Nardoni, avô de Isabella Nardoni, 5, disse ontem que no dia seguinte à morte da menina três policiais civis foram até o apartamento onde ocorreu o crime, abriram a geladeira, consumiram alimentos, arrastaram um sofá e assistiram televisão.

Segundo ele, três investigadores do 9º DP (Carandiru) foram na tarde de domingo até o apartamento onde Alexandre Nardoni, 29, e Anna Carolina Jatobá, 24, moram com os dois filhos e mantinham um quarto para Isabella.

Levaram Anna Jatobá para, diz ele, fazer uma espécie de simulação dos fatos ocorridos na noite anterior, quando Isabella foi atirada do sexto andar.

"Os policiais saíram do 9º DP -o Jair, o Espínola e o Teo-, pegaram a Anna Carolina, inclusive de uma forma arbitrária, porque levaram ela lá no apartamento sem avisar ninguém, para fazer uma reconstituição ilegal, abriram a geladeira, tomaram Coca-Cola, comeram todos os ovos de Páscoa das crianças, sentaram no sofá e assistiram televisão. Fizeram a ma…

Harrison Ford diz que lava pratos e esfrega chão de sua casa (Efe)

Berlim -- O ator norte-americano Harrison Ford, 65, ajuda a namorada, a também atriz Calista Flockhart (do seriado "Brothers & Sisters"), lavando os pratos e esfregando o chão quando é necessário, e ainda pega o jornal todas as manhãs.

Ator Harrison Ford, 65, revelou em entrevista que lava os pratos e esfrega o chão de sua casa Harrison Ford, 65, revelou em entrevista que lava os pratos e esfrega o chão de sua casa

Foi o que disse ao jornal "Bild am Sonntag" o intérprete de Indiana Jones, personagem que, em maio, voltará às telas em "O Reino da Caveira de Cristal".

Na entrevista à publicação alemã, o ator afirma que o suposto glamour das estrelas de Hollywood se limita à noite do Oscar e que não se incomoda tanto em dar autógrafos. Porém, ressaltou que o pior da fama é, sem dúvida, o assédio constante dos fotógrafos.

"Nunca assinei em nenhum lugar que, por ser ator, deveria renunciar à esfera privada", destaca Ford, segundo quem entre ele e sua …

Perfil falso no orkut termina em processo (Info Oline)

SÃO PAULO - A Justiça de Santa Catarina determinou que o Google pague indenização a duas jovens vítimas de difamação pelo orkut.

A decisão foi tomada pelo Juizado Especial Cível de Lajes, interior do Estado, em favor de duas garotas de 19 e 20 anos.

As mulheres apresentaram à Justiça perfis falsos criados anonimamente no orkut. Os perfis continham textos e fotos falsos.

Ao avaliar o caso, juiz considerou o conteúdo dos falsos perfis muito agressivos e desrespeitosos. As páginas exibiam imagens de nudez e textos ofensivos. Na sentença, o juiz anotou que a publicação do conteúdo causou abalo psicológico, angústia e vergonha às vítimas.

Assim, determinou que o Google Brasil indenise cada jovem em R$ 5 mil. O Google, que não comentou a decisão, poderá recorrer, já que a sentença foi emitida em primeira instância.

Em casos similares, a Justiça determinou que o autor da ofensa fosse o responsável pelo pagamento de indenização e não a empresa responsável por hospedar o conteúdo agressivo.

Quando o…

Advogada é presa acusada de matar filha e neto em Bragança (Folha)

A advogada Iara de Carvalho, 62, foi presa anteontem em um apartamento em São Paulo. Ela é acusada de matar sua filha Flávia de Carvalho Cintra, 36, e seu neto Rodrigo Felipe Cintra Parra, 13, filho de Flávia.

O crime ocorreu na noite de 23 de fevereiro em um sítio da família em Bragança Paulista (85 km de SP). Estavam no local Iara, Flávia, Rodrigo e um outro neto da advogada, de quatro anos.

Para a polícia, Iara matou a filha e o neto após um desentendimento familiar. Um dos netos de Iara, que tinha saído para ir a uma festa naquela noite, disse que a avó mantinha uma arma no sítio, informação negada pela acusada.

A polícia afirma que houve contradições nos depoimentos prestados pela advogada.
Iara nega o assassinato e afirma ter visto dois homens fugindo da casa. Em depoimento, disse ter encontrado os parentes mortos após escutar um barulho forte. Os advogados de Iara não foram localizados ontem.

Avô de Isabella foi a apartamento logo após enterro (G1)

Livro de portaria confirma presença de Antônio Nardoni (foto) por 15 minutos no Edifício London. Questionado pela polícia, ele diz que não destruiu provas no apartamento.


O avô paterno de Isabella, Antonio Nardoni, ficou cerca de 15 minutos no Edifício London dois dias depois da morte da menina. Ele chegou com parentes horas depois de acompanhar o enterro da neta. A entrada do advogado é confirmada pelo livro de registros do prédio.

Dois carros da família Nardoni chegaram ao prédio de onde Isabella foi jogada duas horas e vinte minutos após o enterro da menina no Cemitério Parque dos Pinheiros, na Zona Norte de São Paulo.

O livro de registros do Edifício London mostra que, em 31 de março, por volta das 12h, o senhor Nardoni entrou de carro pela garagem e, logo em seguida, interfonou do apartamento de Alexandre, de número 62, dizendo que o cunhado dele estava descendo para pegar a chave do apartamento 63, que é de Cristiane Nardoni, irmã de Alexandre.

O que a polícia quer saber é se Antoni…

Repórter nega acordo em entrevista do Fantástico (Folha)

por Daniel Castro

"O repórter Valmir Salaro nega que tenha feito acordo para conseguir a entrevista exclusiva com Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, respectivamente pai e madrasta da menina Isabella, exibida domingo à noite no ‘Fantástico’.

‘Se você pegar a entrevista na íntegra, verá que eu faço todas as perguntas que qualquer um gostaria de fazer. Eles negam tudo’, diz. ‘A polícia interrogou o casal durante 17 horas e conseguiu apenas contradições.’

Salaro responde à acusação de que a entrevista fora ‘combinada’ com advogados, como apontou o jornalista Britto Jr., na Record. ‘Eu não sou um repórter justiceiro, não pratico esse jornalismo justiceiro que se faz em algumas emissoras. Se aquelas pessoas cometeram algum crime, não sou eu quem vou julgar’, afirma.

A Globo vinha tentando entrevistar o casal desde a primeira semana do caso Isabella. Houve tentativas até na cadeia.

Salaro conta que, no domingo à tarde, o pai de Alexandre, Antonio Nardoni, o chamou ‘para conversar’. In…

Tremor assusta São Paulo e mais três Estados (Folha)

Por 6 segundos, moradores de SP (foto), RJ, SC e PR sentiram efeitos de tremor de 5,2 na escala Richter; geológos não descartam novos abalos

Foram apenas seis segundos, mas um tremor de terra de 5,2 graus na escala Richter assustou ontem à noite, por volta das 21h, moradores de São Paulo e de mais três Estados -Rio, Paraná e Santa Catarina. Com epicentro na costa brasileira, a cerca de 270 km da capital paulista, o terremoto foi considerado moderado por cientistas e geólogos do país que não descartaram a possibilidade de novos tremores. Assustadas, pessoas deixaram prédios, universidades suspenderam aulas e há relatos de rachaduras em edificações na zona oeste e em um hospital na zona leste. Só o prédio central do Corpo de Bombeiros em São Paulo registrou 3.600 chamados em uma hora. Estima-se que tenha sido o maior tremor em São Paulo desde 1922.

Tremor foi o maior em São Paulo desde 1922

Ondas de choque se propagaram em dois minutos e atingiram todos os bairros da capital; abalo, às 21h…

Tremor provoca rachadura em hospital da Zona Leste (G1)

Parede de uma das salas do PS da Vila Alpina teve rachadura de 60 cm.
Bombeiros foram até o local e não havia informação de feridos.


O tremor de terra de 5,2 graus na escala Richter, que foi sentido no final da noite desta terça-feira (22) no estado de São Paulo, provocou uma rachadura de 60 cm na parede de uma das salas do Hospital Estadual da Vila Alpina, na Zona Leste. Os bombeiros foram chamados, mas não havia informação de feridos.

De acordo com a enfermeira Célia Regina da Silva Sales, a rachadura foi na sala da central de vagas, em uma área administrativa, localizada no 2º andar. Ela contou que o prédio tem 6 andares e que só naquele ponto verificaram a rachadura. "Não teve correria e naquela sala não ficam pacientes", disse a enfermeira.

Segundo o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UNB), o tremor ocorreu a 270 km do litoral de São Paulo, por volta das 21h e durou cerca de cinco segundos. Seus reflexos foram sentidos em cidades dos estados de São Paulo…

Justiça de RO multa Google por 'fofocas' no Orkut (Agência Estado)

por Carina Urbanin

SÃO PAULO - O juiz Glodner Luiz Pauletto, do Tribunal de Justiça (TJ) de Rondônia, determinou que a empresa Google Brasil Internet Ltda. pague multa diária no valor R$ 1 mil, com valor máximo fixado em R$ 100 mil, caso o site de relacionamentos Orkut continue a tornar possível a disseminação indiscriminada de "fofocas" sobre cidadãos, em especial, crianças e adolescentes de Pimenta Bueno, São Felipe do Oeste e Primavera de Rondônia.

A decisão foi tomada em julgamento de um recurso interposto pela empresa que pedia à Justiça que reconsiderasse a decisão e eximisse o portal da obrigação determinada na sentença, alegando ser impossível, do ponto de vista técnico, o cumprimento da medida que obriga o Google a realizar uma vistoria diária e contínua de todo o conteúdo inserido nas páginas do Orkut.

O Google afirmou ainda que cumpriu a liminar naquilo que foi possível. Providenciou a exclusão das comunidades mencionadas na denúncia do Ministério Público (MP) de Ron…

TSE diz que PT usou fundo para comprar champanhe e cigarros (Última Instância)

A Coepa (Coordenadoria de Exame das Contas Eleitorais e Partidárias) do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) opinou, pela segunda vez, pela desaprovação das contas da Direção Nacional do Partido dos Trabalhadores no exercício financeiro de 2006.

Segundo o setor técnico responsável, o partido recebeu recurso de fonte vedada e usou irregularmente recursos do Fundo Partidário na compra de vinhos, champanhe e cigarros, no pagamento de juros de empréstimos bancários, e até mesmo na quitação de juros de contas de concessionárias de serviço telefônico, em descumprimento aos artigos da Lei 9.096/95 (Lei dos Partidos Políticos) e da Resolução 21.841/04. O relator do processo (Pet 2661) é o ministro Marcelo Ribeiro.

A Coepa é o setor que exerce a fiscalização sobre a movimentação financeira e a escrituração contábil dos partidos políticos, incluindo o recebimento, o depósito e a aplicação de recursos. Além disso, emite parecer técnico sobre as informações e documentos inseridos nos processos de Pres…

'Nardoni e Anna Jatobá tinham o direito de falar', diz Salaro (Comunique-se)

por Carla Soares Martin

O repórter Valmir Salaro, da Rede Globo, disse na terça-feira (22/04) que a entrevista exibida no último Fantástico, com o casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, tinham o objetivo de dar o direito de os acusados apresentarem ao público sua versão do caso.

“Apenas a polícia e o Ministério Público estavam se manifestando. Não podemos repetir uma Escola Base”, afirmou o jornalista. Valmir se refere às acusações inverídicas, embarcadas pela mídia, contra quatro sócios e um casal de pais da Escola de Educação Infantil Base, em 1994, em São Paulo. As afirmações infundadas acabaram com a reputação dos proprietários e ex-funcionários da escola.

O inquérito policial sobre a morte de Isabella Nardoni, em 29/03, não foi concluído. A polícia, contudo, trabalha com a hipótese de envolvimento do casal.

Salaro conseguiu a exclusiva a partir do pai de Alexandre, o advogado Antonio Nardoni, e outros advogados de defesa. Segundo o jornalista, não se fez imposição alguma par…

Silvia Calabresi entra com pedido de habeas corpus em Goiás (Última Instância)

A empresária Sílvia Calabresi Lima (foto), acusada de tortura, maus-tratos e cárcere privado contra a garota L., 12 anos, protocolou hoje (22/4) pedido de habeas-corpus no Tribunal de Justiça de Goiás.

O marido da empresária, o engenheiro civil Marco Antônio Calabresi Lima, acusado de omissão e tortura, também impetrou o pedido, sob o argumento de que a denúncia é inepta, ou seja, não descreve os fatos com todas as suas circunstâncias.

"A denúncia não descreve —para possibilitar a ampla defesa— o dever de ‘evitá-las’ ou ‘apurá-las’. Mas quando Marco era residente em Brasília, onde trabalhava, vinha a Goiânia, de mês a mês e Thiago residia com a avó. Por essas razões ambos optaram no interrogatório pelo silêncio", alegou.

No pedido, Sílvia Calabresi, representada pelos advogados João Carvalho de Matos e Rogério Rodrigues de Paula, sustentou que tem direito ao exame de sanidade mental, uma vez que sua conduta e seu modo de agir é "anormal", alterando-se entre o "ra…

Casal acusado de matar e enterrar menina de nove anos é preso em Goiás (Globo Online)

RIO - Foi preso nesta segunda-feira em Goiânia um casal acusado de matar a menina Laila Ferreira, de nove anos, na cidade de Santo Antônio do Descoberto, a 179 quilômetros de Goiânia. O corpo da criança foi encontrado na última sexta enterrado no quintal da casa do técnico em informática Francisco Ailton de Souza Quintino, de 41 anos, conhecido na cidade como Paraíba.

Ele e uma menor de 15 anos, que seria sua amante, são os acusados de ser os responsáveis pelo crime. Os dois foram presos em uma ação conjunta das polícias Civil do estado de Goiás e do Distrito Federal.

Nesta terça, quando foi apresentado pela polícia, o técnico em informática confessou para a imprensa que foi ele que assassinou a menina.

- A minha esposa não tem culpa de nada. Eu, como errei, vou pagar pelos meus erros. Eu matei - disse o acusado.

O homem continuou dizendo que a menor que, segundo ele, é sua esposa, não teve participação no crime. Segundo o delegado José Martins de Araújo, ele será indiciado pela Polícia C…

Para promotor, casal chorou mais durante entrevista à TV (Folha)

DA REPORTAGEM LOCAL

O promotor Francisco José Taddei Cembranelli, responsável pela ação do Ministério Público Estadual contra o casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, disse que "a quantidade de lágrimas" foi o que mais chamou a sua atenção na entrevista concedida pelo casal ao "Fantástico".

Para Cembranelli, foi bastante significativo comparar as reações de Nardoni e da mulher na frente das câmeras às que ambos tiveram durante as várias horas em que foram interrogados na sexta-feira.

"Na delegacia, só um deles chorou e, ainda assim, não mais do que uns 30 segundos. Já na entrevista, eles choraram bastante", disse Cembranelli.

"A discrepância maior entre a entrevista concedida ao "Fantástico" e os depoimentos prestados no Distrito Policial foi exatamente essa: não houve nenhuma emoção lá no distrito, eles responderam friamente as perguntas e negaram tudo."

O promotor se referiu ao choro de Nardoni no 9º Distrito Policial (Carandiru)…

Para polícia, gritos de ajuda podem ter sido do irmão de Isabella (Folha)

Hipótese ganhou força após laudos apontarem para a possibilidade de Isabella ter chegado já inconsciente ao apartamento da família

Por ora, a polícia não deverá ouvir o menino, de 3 anos; mais à frente, no entanto, ele poderá ser incluído em programa da Justiça


ROGÉRIO PAGNAN
ANDRÉ CARAMANTE
DA REPORTAGEM LOCAL

Os gritos de uma criança ouvidos na noite em que Isabella Nardoni foi assassinada podem ser, para a polícia de São Paulo, do irmão de três anos da menina. Essa é uma das possibilidades admitidas pela polícia para os gritos de "papai, papai, papai... pára... pára", relatados por duas testemunhas vizinhas do pai, Alexandre Alves Nardoni, 29, e da madrasta, Anna Carolina Trotta Peixoto Jatobá, 24, na Vila Isolina Mazzei (zona norte de São Paulo).

A tese de ter sido o menino e não Isabella o responsável pelos gritos ganhou força após os laudos da perícia apontarem para a possibilidade de a menina ter chegado inconsciente ao apartamento do pai.

Como considera a investigação já co…

Defesa de casal Nardoni vai à Corregedoria relatar irregularidades no inquérito (Folha Online)

por Carolina Farias

Os advogados de defesa do casal Alexandre Nardoni, 29, e Anna Carolina Jatobá, 24, pai e madrasta de Isabella, entrarão terça-feira (22) com uma representação na Corregedoria da Polícia Civil contra possíveis irregularidades na condução do inquérito que investiga a morte da menina, arremessada do sexto andar do apartamento do casal, na zona norte de São Paulo, no dia 29 de março. Para a defesa, a investigação é tendenciosa e parcial.

O casal afirma que Isabella foi jogada da janela por uma terceira pessoa --um assaltante ou desafeto--, que entrou no imóvel sem ser vista. A tese é a mesma defendida por seus advogados Marco Polo Levorin, Rogério Neres de Souza e Ricardo Martins.

Na sexta-feira (18), Nardoni e Anna Jatobá foram indiciados por homicídio doloso (com intenção) com três agravantes: motivo fútil, meio cruel e impossibilidade de defesa da vítima. Antes de ser jogada pela janela, Isabella foi asfixiada.

Para Martins, o inquérito --conduzido pelo 9º Distrito Poli…

Isabella, o Fantástico e uma imprensa sob ataque

Do blog de Reinaldo Azevedo:

Assisti, como, quero crer, quase todo mundo, à entrevista de Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá no Fantástico de ontem. Eles são formalmente acusados pela Polícia pela morte da menina Isabella Nardoni. A minha impressão? A imprensa brasileira está se deixando acuar pelo “inimigo” — ou, melhor ainda, “pelos inimigos”, que não são um só. O Fantástico deve ter conseguido o que o novo ombudsman da Folha, Carlos Eduardo Lins da Silva, considera o ideal (escrevi ontem sobre sua entrevista): embora o programa deva ter dado um Ibope brutal, pode estar sendo, hoje, atacado por “todos os lados”. Atacam-no aqueles que acreditam que “a mídia” — sempre ela!!! — faz julgamento sumário; atacam-no os que acreditam que o repórter Walmir Salaro foi, para dizer pouco, camarada com os entrevistados, contrariando o clamor público.

Contrariar tal clamor, em princípio, parece bom e corajoso. Mas que não se confunda isso com uma categoria moral absoluta. Antes que entre no mé…

Caso Isabella: não há nada de errado com o povo

Do blog de Reinaldo Azevedo:

Marco Antônio não fez aquele fantástico discurso, que está na peça Júlio César, de Shakespeare, diante do corpo do tirano. Até porque era um soldado meio abrutalhado. Tinha mais habilidade matando pessoas do que matando a lógica dos assassinos do ditador. Mas se sabe que fez, sim, proselitismo junto à plebe rude, talvez usando a túnica ensangüentada do morto como um fetiche. Os romanos já se chocavam e se mobilizavam contra certos eventos trágicos. Shakespeare escreve uma de suas passagens mais notáveis séculos depois porque também conhecia esse, vamos dizer, temperamento das massas. É de se supor que até os hunos se comoviam, não é?

Por que isso tudo? É impressionante como alguns pensadores e jornalistas da esquerda, sob o pretexto de fazer um pouco de media criticism, tornam-se subitamente demofóbicos, coisa de que costumam acusar a direita. E a verdade é bem outra, não? Para um esquerdista, “povo” é sempre “povo organizado”, os “cumpanhero”, a turma do “p…

Caso Isabella: polícia aponta contradições de casal (Estadão)

por Laura Diniz

“Tá ouvindo os gritos?”, perguntou o professor Antonio Lúcio Teixeira, morador do 1º andar do Edifício London, enquanto falava com o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) no dia 29 de março, numa ligação iniciada às 23h49m59. O Estado apurou que exatamente na hora em que o vizinho chamava o resgate para Isabella Nardoni, de 5 anos, atirada do 6º andar do prédio, ele ouviu a voz de Alexandre Nardoni, pai da menina, berrando que a filha havia sido jogada e a porta do apartamento estava arrombada.

Praticamente no mesmo momento, às 23h50m32, uma ligação era feita do telefone fixo do apartamento do casal, para o celular do pai de Anna Carolina Jatobá, Alexandre José Peixoto Jatobá. Essa ligação, gravada pela polícia e anexada ao inquérito policial que investiga a morte da menina, é a prova de que Alexandre e Anna Carolina não desceram juntos ao térreo do prédio para verificar o que havia acontecido com Isabella, como alegaram em seus depoimentos. É uma contradição a …