Médicos espanhóis fazem reconstrução completa de pênis

por Gabriela Torres, de Barcelona, da BBC Brasil

Uma equipe multidisciplinar de médicos especialistas espanhóis conseguiu realizar a reconstrução completa de um pênis, após vários anos de preparação.


penis_cirurgia

A microcirurgia, considerada “inovadora”, não somente recupera o pênis esteticamente, como também possibilita a recuperação de todas as funções fisiológicas, inclusive a capacidade de urinar de pé, ejacular e ter orgasmos.

O grupo, formado por urologistas, andrologistas e cirurgiões da Fundación Puigvert e do Hospital de Sant Pau, em Barcelona, vinha analisando a possibilidade de realizar uma intervenção deste tipo, mas estavam aguardando o candidato adequado.

O escolhido foi um imigrante senegalês de 26 anos que teve o órgão amputado na Costa do Marfim. Ele teria sido selecionado pois teve o pênis amputado com um corte de facão e não teve os testículos removidos pelos agressores.

“Quando ele veio nos pedir ajuda, em janeiro deste ano, nos demos conta de que ele era a pessoa que estávamos procurando e propusemos a operação sem custo nenhum”, disse à BBC Mundo Eduard Ruiz Castañe, diretor de Andrologia da Fundación Puigvert.

Antebraço


Segundo Castañe, o êxito da operação se deve ao grupo de especialistas que participou da cirurgia, que incluiu uma união vascular, além de nervosa.

A reconstrução do membro foi feita com tecido subcutâneo do antebraço do paciente, região do corpo com características similares a do pênis.

O nervos que foram unidos à parte amputada e que garantem a sensibilidade do membro, também foram retirados do antebraço.

A cirurgia demorou dez horas e incluiu também a reconstrução da glande.

O médico explica que, além das semelhanças com o pênis, “normalmente se utiliza a área do antebraço para esse tipo de procedimento porque ali é a região do corpo do homem com menos pêlos”. Castañe explica que, no caso do paciente, foi feita uma depilação a laser antes da cirurgia para garantir que a região estaria completamente sem pêlos.

A região do antebraço extraída para a reconstrução do pênis foi substituída por tecidos de um músculo.

Espera


O paciente, que está se recuperando da cirurgia, deve esperar seis meses para começar a desfrutar da sensibilidade do novo membro, que pode variar entre 30% e 90%.

Assim que a sensibilidade for recuperada, os especialistas poderão colocar uma prótese hidráulica para que o paciente possa ter uma vida sexual plena, com penetrações e ereções.

Segundo Castañe, apesar de ainda estar em recuperação, o paciente já está mais animado. Ele conta que, antes da operação, o jovem era introvertido e demonstrava sinais de depressão.

“Fizemos com que o paciente voltasse a ficar contente”, conta.

O médico afirma ainda que, apesar de a equipe que realizou a cirurgia não ter um psicólogo, ele não descarta a possibilidade de incluir um especialista deste gênero no grupo.

Evolução


Os especialistas afirmam que pretendem continuar a realizar operações deste tipo, mas querem trabalhar com casos que tenham características mais relacionadas com os espanhóis. Segundo eles, a primeira cirurgia foi feita com um paciente considerado “perfeito” para a operação para que a equipe obtivesse melhores resultados.

Um desafio diferente seria, por exemplo, a reconstrução completa do pênis de um paciente que tenha perdido o órgão como conseqüência de um câncer.

Estes casos seriam possivelmente mais complexos, porque os pacientes seriam homens com mais idade e um estado de saúde mais precário”, disse Castañe. “Esperamos que os resultados tenham tanto êxito”.

Outro passo na evolução desse tipo de intervenção cirúrgica seria fazer com que o pênis de uma mulher transexual tivesse sensibilidade depois de uma operação de mudança de sexo.

“O que está claro é que, para poder evoluir, esse mesmo grupo deve continuar a realizar esse tipo de intervenção”, concluiu o especialista.

> Mil pênis com câncer são amputados por ano no Brasil. (julho de 2009)

> Estudo testa enxerto para pênis com mucosa retirada de porco. (outubro de 2009)

Comentários

  1. tive um acidente no dia 14 de fevereiro, uma queda de cerca de 5metros de altura,fiz fractura nos acetábulos, fui operado ao direito, levei material para recontuir o acetábulo e tive algaliado 15dias. Agora o meu problema já poassando 3meses, é que nao tenho secibilidade na cabeça do pénis mas tenho erecção. gostava de saber se me podiam ajudar neste problema que me encomoda bastante.
    obrigado

    ResponderExcluir
  2. o nome do hospital já diz tudo...
    Sant PAU
    Eles estão de parabéns pois é muito bom saber que o penis pode ser recuperado, pois é uma qualidade de vida essencial e é importante para se ter descendentes
    Benditos sejam os profissionais que criaram isso

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei muito de saber que existe a possibilidade de poder transplantar o pênis de uma pessoa transexual,num homem que teve seu pênis amputado por algum motivo ou seja ficará perfeito novamente,os médicos dará um jeito pra que não aja rejeição do orgão e só alegria.Que Deus abençõe os médicos que cuidam da vida humana.

    ResponderExcluir
  4. Conheço um rapaz português, muito jovem que desde criança passou por várias cirurgias, hoje ele tem, penso que 18 anos, é um rapaz lindo, mas nao tem a glande, somente os testículos e a cabeça do pênis. Fez tratamento hormonal a base de cremes o que fez com que essa cabeça se desenvolvesse, mas, falta-lhe a glande e ele também não urina normalmente. Eu desejaria que ele tivesse uma oportunidade, já que é tão jovem, muito bom moço e cheio de vida.

    ResponderExcluir
  5. Conheço um rapaz português, muito jovem que desde criança passou por várias cirurgias, hoje ele tem, penso que 18 anos, é um rapaz lindo, mas nao tem a glande, somente os testículos e a cabeça do pênis. Fez tratamento hormonal a base de cremes o que fez com que essa cabeça se desenvolvesse, mas, falta-lhe a glande e ele também não urina normalmente. Eu desejaria que ele tivesse uma oportunidade, já que é tão jovem, muito bom moço e cheio de vida.

    ResponderExcluir
  6. tenho 24 anos,no ano passado fiz uma cirurgia de fimose, acredito que estou com câncer de pênis pois desde criança tinha esse problema. seria possível fazer uma reconstrução no meu pênis? obrigado!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Artigos de Luiz Felipe Pondé

Europa tem 75 mil prostitutas do Brasil

O que muda na língua portuguesa com a reforma ortográfica