Postagens

Mostrando postagens de Junho 6, 2010

Ciência vai ganhar da religião, afirma Stephen Hawking

Imagem
por Ki Heussner Mae, do portal da rede de notícias norte-americana ABC

O célebre físico Stephen Hawking  (foto)sabe mais sobre o universo do que quase qualquer outra pessoa que já andou pelo planeta, mas algumas respostas ainda escapam até mesmo dele.

Quando perguntado por Diane Sawyer, do canal ABC News, sobre o maior mistério que gostaria de resolver, ele disse: "Eu quero saber por que o universo existe, por que há algo maior do que o nada".

Hawking, que foi homenageado na semana passada no World Science Festival, emNova York, é famoso por sondar as questões mais profundas do cosmo.

Até ter deixado o cargo no ano passado, ele ocupava a cátedra Professor Lucasian de Matemática da Universidade de Cambridge, uma posição ocupada anteriormente por Sir Isaac Newton, o "pai da física".

Durante os 30 anos de Hawking nesse posto, ele deu a seus colegas novas formas de olhar para o universo. Mas ele também deu ao público, por meio de seus muitos livros e aparições ocasion…

‘A insanidade é hereditária – você pega dos filhos’

Imagem
por Tom Brady, para o NYT, com tradução da FolhaUm adesivo popular nos carros dos "baby boomers" aludia à ambivalência dessa geração do pós-Guerra com relação à paternidade: "Insanidade é hereditária -você pega dos filhos".Os desafios na criação dos filhos cresceram junto com as demandas sobre os pais, mas a capacidade de lidar com a família está ligada a coisas simples, como o bom senso e a perseverança. A loucura que pode fazer parte do cotidiano familiar foi revelada num estudo feito entre 2002 e 2005 por pesquisadores da Universidade da Califórnia, Los Angeles, que gravaram em vídeo quase todos os momentos em que famílias estavam em casa e acordadas durante uma semana.O projeto da UCLA focava a família americana de classe média, com vários filhos, em que marido e mulher têm renda. Os pesquisadores assistiram a 1.540 horas de vídeo, codificando e categorizando cada abraço e momento carinhoso compartilhado, contou o "New York Times". Mas eles viram tamb…

Religiões são tratadas com cuidado excessivo, diz cartunista

Imagem
por Fábio Zanini para a Folha Um desenho de Maomé deitado no divã, reclamando que seus seguidores não têm senso de humor. A reação dos muçulmanos mostrou a exatidão do cartum: protestos e ameaças anônimas contra seu autor, o sul-africano Zapiro, 52, nome artístico do cartunista Jonathan Shapiro. O Conselho de Juristas Muçulmanos da África do Sul chegou a alertar para a possibilidade de retaliação durante a Copa do Mundo, que se inicia nesta semana.
Em entrevista por telefone, Zapiro, que vive na Cidade do Cabo, diz que é preciso reafirmar os direitos de cartunistas no mundo todo.
"Eu sinto que as religiões são tratadas com cuidado excessivo pela sociedade. Acho difícil aceitar isso", afirma.Folha - O sr. imaginava a repercussão de seu cartum?Zapiro - Depois do que aconteceu em 2005 na Dinamarca, sabia que iria criar algum tipo de agitação. Mas pensava que ia me safar sem tanto furor. Avaliei mal.O sr. teme virar uma versão sul-africana de Salman Rushdie [escritor india…