Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 27, 2009

O universo interior de Jung, esmiuçado

Imagem
por Edward Rothstein, para o NYTCarl Gustav Jung (foto) tentou traçar sua jornada interior em um texto elaboradamente ilustrado, cheio de suas fantasias e imagens surreais. Conhecido como "O Livro Vermelho", até recentemente ele quase não tinha sido visto por ninguém, além dos descendentes de Jung.O título não exige uma explicação simbólica elaborada. O livro realmente é vermelho e pode ser visto até meados de fevereiro em uma exposição montada em sua homenagem no Museu de Arte Rubin, em Nova York: "O Livro Vermelho de C. G. Jung: a Criação de uma Nova Cosmologia".Jung, que na época em que começou a trabalhar nesse livro já tinha rompido com Freud e estava desenvolvendo sua concepção permeada de mitos da psique humana, certificou-se de que a importância do livro não passaria despercebida por seus futuros acólitos.Encadernado em couro púrpura, é um volume enorme, com mais de 600 páginas, ostentando o título formal de Liber Novus ("Livro Novo"). Jung lhe de…