Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 13, 2009

Uma trégua na matança

Alertados por documentário sobre a crueldade da caça aos golfinhos, japoneses libertam setenta animais capturados. Outros 20 000 serão mortos neste anopor Paula Neiva, da VejaTodos os anos, em setembro, abre-se a temporada de caça ao golfinho no Japão. Durante seis meses, 20 000 são mortos de maneira rudimentar e dolorosa na costa do país. Os caçadores os encurralam com redes ou os atacam com arpões, formando uma imensa mancha vermelha no oceano. Os animais retirados da água ainda com vida recebem golpes fatais com facões e machados. A caça ao golfinho é um costume no Japão há quatro séculos, mas neste ano vem enfrentando inédita oposição. O motivo é o documentário americano The Cove (A Enseada, em português), lançado no fim de julho nos Estados Unidos. O filme, que denuncia a matança dos golfinhos no Japão, ganhou mais de uma dúzia de prêmios em festivais de cinema como o Sundance Film Festival. Mesmo sem ter exibição prevista nas salas de cinema japonesas, The Cove levantou um debat…

DNA revela ancestrais de cães e gatos

A reconstrução da história do DNA dos dois animais prediletos
do homem mostra que cada espécie descende de uma única
linhagem, o equivalente da mãe primordial do ser humanopor Leandro Narloch, de VejaHá tempos se sabe que os laços afetivos entre o homem e seus dois bichos de estimação favoritos, o cão e o gato, se estabeleceram faz pelo menos 10 000 anos. Agora, os cientistas tentam descobrir mais detalhes sobre as origens desses dois casos de amor – em que lugar do mundo e de que maneira as duas espécies foram domesticadas. Uma das principais aliadas das pesquisas tem sido a genética, sobretudo o DNA mitocondrial, aquele que passa quase intacto das mães para os filhos. Com ele, os biólogos conseguem construir as árvores genealógicas das espécies.A maior análise genética da história evolutiva dos cães foi publicada há duas semanas na revista científica Molecular Biology and Evolution. O estudo traz duas novidades. A primeira é que os 250 milhões de cães que atualmente v…

Degelo no Ártico abre rota de navegação

por Thomaz Favaro, de VejaO triunfo humano sobre as forças da natureza é, desta vez, um triste sintoma da saúde do planeta. Dois cargueiros alemães estão prestes a se tornar os primeiros a navegar por inteiro a Passagem Nordeste, como é conhecido o trajeto via Ártico entre os oceanos Atlântico e Pacífico. Essa rota marítima mais curta entre a Europa e a Ásia sempre foi um risco no mapa impossível de ser navegado. Durante o verão, quando a camada de gelo da calota polar se retrai, somente comboios liderados por navios quebra-gelo trafegam pela imensa costa russa – e apenas por trechos curtos. Essa situação já tem data marcada para acabar. Salvo algum contratempo imprevisível, os dois navios, que já ultrapassaram os trechos mais difíceis, devem completar a viagem até o fim do mês. E aqui está a má notícia: a proeza dos cargueiros alemães só foi possível devido ao encolhimento progressivo da calota polar do Ártico, provocada pelo aquecimento global. A temperatura no Ártico aumentou 2 gra…

Açúcar é a droga da vez

por André Petry, de VejaO açúcar começa a ser considerado um vilão da saúde humana, um veneno tão prejudicial que merece ser tratado com o mesmo rigor empregado contra – suprema decadência! – o tabaco. Está mais perto o dia em que um pacote de açúcar trará a inscrição: "O Ministério da Saúde adverte: este produto é prejudicial à saúde".O açúcar, em suas várias formas, é o grande promotor da obesidade, mas seus níveis altos no sangue podem ser associados a quase todas as moléstias degenerativas, do ataque cardíaco ao derrame cerebral e ao diabetes. Existem suspeitas científicas sérias de que o açúcar possa até ser uma das causas de alguns tipos de câncer. Na lista, está o câncer de pâncreas, o mesmo que matou o ator Patrick Swayze aos 57 anos na semana passada. Em Harvard, pesquisadores acompanharam 89 000 mulheres e 50 000 homens e descobriram que os refrigerantes podem aumentar o risco de câncer de pâncreas em mulheres, só em mulheres. Antes que os homens se sintam premiado…

O Estado laico e a religião: igreja não pode promover o desrespeito às leis

por Danièle Hervieu-Léger, socióloga e administradora da Escola de Economia de Paris, para a Folha de S.PauloUm estado no qual as autoridades religiosas não fazem parte da regulação da vida pública: essa é a definição mais simples que podemos dar a um Estado laico.Isso significa que a elaboração do Direito é responsabilidade apenas do poder público. Consequentemente, uma instituição religiosa não pode, de nenhuma forma, prescrever aos fiéis práticas e comportamentos que os conduziriam à contravenção das leis. Essa proposta é suficiente para definir as condições em que as manifestações religiosas são aceitáveis em um Estado laico: é preciso que não contradigam os princípios fundamentais que a Constituição define, as leis e regras que regem a sociedade a que dizem respeito e da qual o Estado é a garantia. Em todos os outros casos, o Estado deve intervir para impedi-las.Mas tal proposta não implica que as religiões sejam condenadas à invisibilidade no espaço público. Nas sociedades democ…

Íntegra da decisão da juíza que manteve na prisão o médico acusado de 56 estupros

No dia 16 de setembro de 2009, a  juíza Kenarik Felippe, da 16ª Vara Criminal de São Paulo, rejeitou o pedido de reconsideração da ordem de prisão de  Roger Abdelmassih, 65, mantendo-o preso na Penitenciária de Tremembé (SP). O especialista em reprodução humana assistida é acusado de estuprar 56 pacientes. Seus defensores são os criminalistas Márcio Thomaz Bastos, ex-ministro da Justiça do Governo Lula, e José Luís Oliveira Lima, que se notabilizou por defender o petista José Dirceu no caso do mensalão.  Segue a íntegra da decisão da juíza.Poder Judiciário, São Paulo – 16ª Vara CriminalProcesso 050.08.082189-8, controle 1266/09
VistosA Defesa apresentou resposta à acusação. Alega que dois fatos devem ser afastados, pela ocorrência de “bis in idem”. Requer seja extinta a punibilidade pela ocorrência da decadência do direito de queixa, absolvendo-o sumariamente. Requer, caso não acolhidos os pedidos, a nulidade da ação penal em decorrência da inépcia da denúncia, pois não descreve a data…

Genes podem influenciar precocidade sexual, diz estudo

da BBC Brasil


Pesquisadores dos Estados Unidos sugeriram que a genética pode explicar por que jovens que vivem em lares sem pai iniciam sua vida sexual antes das outras.

Os pesquisadores examinaram a vida de mais de mil adolescentes de 14 anos ou mais e que eram primos e analisaram perfis genéticos, além de fatores sociais como pobreza, oportunidades para educação e religião.
Quanto mais genes os adolescentes tinham em comum, mais próxima a idade em que tiveram a sua primeira relação sexual, independentemente da presença ou não do pai.

O estudo, publicado na revista Child Development, diz que várias teorias destacam os fatores ambientais que influenciam esta associação entre pais ausentes e sexo precoce.

Uma das pesquisas sugere que, como as crianças observam uma relação instável e tensa entre os pais, elas aprendem que as pessoas não são confiáveis e crescem mais interessados em gratificação sexual do que em criar filhos.

Outra conclui que, como os adolescentes criados em lares com u…