Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 14, 2008

Brasil se mantém em 70º no IDH e é ultrapassado por Venezuela

Do Estado de S. PauloO Brasil apresentou uma leve melhora, mas manteve a 70ª posição no ranking do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), divulgado nesta quinta-feira, 18. O levantamento leva em conta dados socioeconômicos de 179 países e índice varia de 0 a 1. Quanto mais próximo de 1, melhor é o resultado. De acordo com os números, o Brasil atingiu IDH de 0,802 em 2005 e de 0,807 em 2006, ficando em 70º nos dois anos.Em relação ao ranking passado, o Brasil foi ultrapassado pela Venezuela (61º no ranking, IDH de 0,826), que subiu 13 posições; pela ilha de Santa Lúcia, nas Antilhas (66º, IDH de 0,821); e pela entrada de duas novas nações na lista: Montenegro e Sérvia (64º e 65 º, respectivamente). Em compensação, ultrapassou quatro nações: Rússia, Ilhas Maurício, Bósnia Herzegovina e Tonga.Com a pontuação obtida no levantamento, o Brasil continua a integrar a lista, hoje já não mais tão seleta, de nações que alcançam alto IDH, acima de 0,800, o que significa boas condições de renda, …

Novos transtornos mentais serão incluídos na "bíblia" da psiquiatria

CLÁUDIA COLLUCCI, da Folha de S. Paulo

A Associação Americana de Psiquiatria prepara uma nova edição do manual de distúrbios mentais, a bíblia dos psiquiatras, que deve incluir comportamentos como a compulsão por compras ou por comida como novos transtornos mentais.A atual edição do manual, conhecido por DSM ("Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders"), foi publicada em 2000 e descreve 283 distúrbios psiquiátricos-quase o triplo da primeira edição, de 1952.O manual não é apenas um guia rotineiro para o diagnóstico dos médicos de todo o mundo mas também uma referência para os planos e seguros de saúde e para os governos.A nova publicação deve sair em 2011, mas já causa polêmica. Pela primeira vez, foi pedido aos médicos que participam de sua elaboração que assinem um acordo de confidencialidade -para evitar, por exemplo, pressões dos laboratórios.Porém, o que mais gera discussão é a possível inclusão no novo manual de transtornos como vício em compras ou em comida…

Pesquisa sobre Alzheimer conclui que Ômega 6 destrói neurônios

Imagem
do Jornal do Brasil

LOS ANGELES - Uma nova pesquisa sobre o mal de Alzheimer sugere que ômega 6, ácido graxo presente em ovos, nozes e óleos vegetais, pode prejudicar a memória.

A substância vinha sendo promovida como parte de uma dieta saudável porque reduz o colesterol. Mas pesquisadores do Instituto para Doenças Neurológicas Gladstone (Gind, em inglês), na Califórnia, acharam indícios de que pode destruir células do cérebro de ratos de laboratório.

Em artigo publicado na revista Nature Neuroscience, os cientistas concluíram que ômega 6 interfere na membrana que protege o cérebro de toxinas. Na experiência, as células responsáveis pela memória nos ratos foram destruídas.

Pesquisadores mediram o nível de ômega 6 no cérebro de ratos saudáveis assim como em grupos de ratos criados com uma doença parecida com o Alzheimer.

– A mudança mais chocante que observamos nos ratos com Alzheimer foi um aumento do ácido araquidônico no hipocampo, centro de memórias que é afetado de forma avassalad…

Tupis-guaranis já estavam no Sudeste há 3.000 anos

Imagem
por Eduardo Geraque, da Folha de S. PauloO povo tupi-guarani já vivia na região de Araruama (RJ) há 2.920 anos (a margem de erro é de 70 anos) -aproximadamente 1.180 anos antes do que as evidências científicas indicavam até hoje. A descoberta publicada nos "Anais da Academia Brasileira de Ciências" embaralha as teorias que tentam explicar a dispersão dessa cultura indígena, que teria começado na Amazônia.A "nova" datação, deduzida a partir dos carvões de uma fogueira (provavelmente usada na queima de cerâmica), na verdade foi feita no final dos anos 1990. Justamente pelo fato de ser antiga demais, porém, a autora do estudo, Rita Schell-Ybert, do Museu Nacional, não acreditou que a fogueira pudesse ser obra de humanos, e acabou engavetando a análise.O panorama só começou a mudar recentemente, quando surgiu um outro dado. A datação de uma outra fogueira, desta vez de origem funerária, no mesmo sítio arqueológico de Morro Grande, município de Araruama, mostrou que ela…