Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 30, 2008

Mundo já tem 200 mi de imigrantes, diz relatório

Da BBC Brasil:O número de imigrantes em todo o mundo já supera os 200 milhões, segundo relatório publicado nesta terça-feira pela Organização Internacional para a Imigração (OIM)."Em 2005, existiam 191 milhões de imigrantes, quase duas vezes e meia o número de 1965", afirmou o documento intitulado World Migration Report 2008."O número atual de imigrantes deve hoje ser superior a 200 milhões. Mais chamativa, porém, é a muito maior diferença de origens e distribuição desses imigrantes."O relatório afirma que "após a 2ª Guerra Mundial, apenas alguns países passaram a receber regularmente imigrantes, especialmente europeus"."Hoje, os padrões de movimento são tais que a maior parte dos países é simultaneamente de origem, trânsito e destino (de imigrantes).""A crise econômica mundial não deve levar a um número maior ou menor de imigrantes", afirmou à BBC Brasil Jemini Pandya, porta-voz da OIM."Os fatores que estimularam os movimentos mi…

Assédio moral gera alto custo social e econômico

por Robson Zanetti, para o Consultor JurídicoO assédio moral é um problema de saúde pública e seu custo é muito elevado sob o ponto de vista econômico-financeiro, para a sociedade e também possui um custo humano.O custo do assédio é suportado pelo responsável, pela sociedade e pelas pessoas que dele participam direta (vítima, testemunhas) ou indiretamente (familiares e amigos).A — Econômico-financeiroSob o ponto de vista econômico seu custo é elevado porque ele faz com que trabalhos realizados sejam desperdiçados, a marca de produtos e serviços sejam afetados, a produtividade seja prejudicada, ocorra a degradação do ambiente de trabalho, o nome empresarial seja atingido, ocorra a suspensão do contrato de trabalho, etc.Não vimos ainda nenhuma estatística no Brasil, mais nos Estados Unidos o custo total para os empregadores por atos praticados no ambiente de trabalho foi estimado em mais de US$ 4 bilhões e as despesas para o tratamento da depressão chegam a US$ 44 bilhões segundo o BIT …

Expectativa de vida do brasileiro já é de mais de 72 anos

do Consultor Jurídico:“Cinco anos, seis meses e 26 dias. Esse foi o aumento da expectativa de vida do brasileiro nos últimos 16 anos, de acordo com a última pesquisa do IBGE. O salto foi de 67 anos em 1991, para 72,57 em 2007. Outro aspecto positivo foi o declínio da mortalidade infantil: 45,9 por mil em 1991, para 24,32 por mil em 2007. Mas o que preocupa, ainda, é a diferença de vida entre homens e mulheres.O IBGE divulgou nesta segunda-feira (1/12) as Tábuas Completas de Mortalidade — 2007. O Instituto faz essa pesquisa anualmente desde 1999 em cumprimento ao artigo 2º do Decreto Presidencial 3.266 de 29/11/1999. Os dados são utilizados pelo Ministério da Previdência Social no cálculo do fator previdenciário das aposentadorias das pessoas regidas pelo Regime Geral da Previdência Social.Entre os anos de 1991 e 2007, a expectativa de vida dos homens subiu de 63,20 anos para 68,82 anos. A das mulheres foi de 70,90 para 76,44. A diferença da expectativa de vida entre o sexo masculino e…