Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 15, 2008

Abusos colocam população contra Forças Armadas (Istoé)

Sob o sol da manhã de sábado 14, na subida do Morro da Mineira, centro do Rio de Janeiro, deu-se um encontro insólito entre o tenente do Exército Vinícius Ghidetti e um dos traficantes que mandam na favela. Acompanhado de um sargento e nove soldados, o oficial apontou para três jovens detidos pelos militares e disse: "Trouxe um presentinho pra vocês." O bandido quis saber: "São alemão?" - na gíria que identifica integrantes da facção rival. "São da Provi", explicou o oficial, referindo-se ao Morro da Providência. Depois disso, despediu-se do bandido com um caloroso "Valeu!" Foi embora ainda sob o eco dos gritos desesperados dos três jovens, que pediam: "Pelo amor de Deus, eles vão nos matar!". E mataram mesmo, pouco tempo depois, no alto do Morro da Mineira. Não sem antes, como é de praxe na cartilha de crueldade do tráfico, torturar barbaramente os jovens Wellington Gonzaga da Costa Ferreira, 19 anos, David Wilson Florêncio da Silva, …

Cérebro de homossexuais se assemelha com o do sexo aposto, conclui pesquisa (Veja)

Por Vanessa Vieira, com reportagem de Carolina Romanini - A discussão sobre a natureza da homossexualidade mobiliza a psicologia e outros campos da ciência. Seria ela determinada por fatores biológicos ou culturais? Até meados do século XX não havia muitas dúvidas sobre a questão. O homossexualismo era catalogado pela Organização Mundial de Saúde como distúrbio mental e a culpa quase sempre recaía sobre a educação recebida dos pais. Freud considerava a homossexualidade uma forma de retardo no desenvolvimento do indivíduo, causado por um pai ausente ou por uma mãe superprotetora. Os estudos mais recentes indicam que, embora as experiências de vida possam concorrer para que alguém se torne homossexual, os fatores biológicos, decididamente, têm um papel nesse processo. Uma pesquisa divulgada na semana passada, feita pelo Stockolm Brain Institute, do Instituto Karolinska, na Suécia, foi recebida pelo meio científico como a prova mais consistente até hoje do peso do fator biológico na homo…

Sonda americana escavou gelo em Marte (Folha)

Material, que parecia sal, desapareceu do solo; água congelada pode ter se transformado em vapor

Técnicos da missão da sonda Phoenix (foto) estão convictos de que o material brilhante encontrado na superfície de Marte é gelo e não sal. Eles chegaram a essa conclusão porque quantidades do material que haviam sido fotografadas pela sonda desapareceram do solo -indicando que a água congelada se transformou em vapor após ter sido exposta ao ar rarefeito.
A Phoenix está em Marte desde o dia 25 de maio, com a missão de investigar as características da água e de outros materiais existentes no pólo Norte do planeta -procurando por condições propícias para a vida, como compostos orgânicos. Os cientistas querem saber se o gelo, que abunda no pólo Norte, já derreteu no passado, tornando Marte propício à vida.
"Tudo o que nós vimos nos espectros é consistente com [a existência de] gelo nas valas. As últimas imagens da vala mostram que o material brilhante está desaparecendo. Isso pode ser ge…

O homossexualismo não vai contra a natureza, diz biólogo (Folha)

SE O HOMOSSEXUALISMO não estimula a reprodução, como ele pode sobreviver à seleção natural? A resposta para essa charada, um quebra-cabeça secular da biologia, está ganhando agora uma resposta coerente, que sobreviveu ao primeiro teste de lógica. Defendida pelo biólogo Andrea Ciani, a nova teoria indica que o homossexualismo masculino tem um componente genético herdado por parte de mãe, e os genes por trás dele são os mesmos que, em mulheres, estimulam a fertilidade.RAFAEL GARCIA, DA REPORTAGEM LOCAL
Andrea Ciani (foto), geneticista da Universidade de Pádua (Itália), apresentou as bases da teoria na terça-feira -cifrada em um estudo cheio de fórmulas matemáticas- na revista "PLoS One".
Com longa experiência em estudos com macacos, o cientista tem se dedicado nos últimos anos a um outro tipo de primata: o Homo sapiens. O que ele aprendeu com seu trabalho? "O homossexualismo não é contra a natureza."
Em entrevista à Folha, Ciani abre mão da estatística e tra…

Faltam 180 mil vagas em presídios brasileiros, diz relator de CPI (Uol)

Por Breno Castro Alves, de São Luís (MA) -  No relatório final da CPI do Sistema Carcerário, que teve a apresentação adiada para a próxima terça-feira na Câmara, o deputado Domingos Dutra (PT-MA) estima que seriam necessárias, hoje, 180 mil vagas para que não houvesse superlotação nos presídios brasileiros -o sistema, que tem capacidade para 260 mil detentos, abriga 440 mil.
Em entrevista ao UOL, Dutra descreve os resultados dos oito meses de funcionamento CPI e conta o que viu nas visitas a alguns dos piores presídios do país.Após meses de imersão no sistema carcerário nacional, gostaria que o senhor começasse dando uma visão mais abrangente da situação no país. O sistema está realmente falido?
Não diria que está falido, o qualifico como caótico. Essa caracterização é pública, pelos mais diversos motins e rebeliões ocorridos no ultimo ano e pelo que a CPI constatou. O caos pode ser medido pela superlotação criminosa, pela existência de um número muito grande de presos provisórios, pela…

Espanha libera arquivo de fotos da Guerra Civi (BBC Brasil)

Por Anelise Infante, de Madri - O governo da Espanha resolveu tornar público um precioso arquivo de fotos para tentar elucidar detalhes de um dos episódios mais traumáticos da história do país: a Guerra Civil Espanhola (1936-1939). Durante décadas, esse material, chamado de 'Arquivo Vermelho', confiscado pelos franquistas - que venceram a guerra, iniciada com um levante militar contra o governo republicano - permaneceu guardado. São 3.051 fotos, a maioria tiradas em 1936, nos bombardeios sobre Madri. Muitas são de autoria desconhecida e as informações sobre elas se perderam com o tempo. Clique aqui para ver as fotosO Ministério de Cultura resgatou o material, que publica no site do governo, não só para mostrar um acervo inédito, mas também para procurar esclarecer detalhes. Ao lado de cada imagem (divididas em 29 categorias) aparece a opção “proporcionar informação”, que pode ser postada diretamente no site. O objetivo é que os sobreviventes da guerra ou descendentes de teste…

Novo satélite detalhará oceanos com precisão de centímetros (G1)

Um satélite lançado nesta sexta-feira [20/6/2008] na Califórnia em uma iniciativa das agências espaciais dos Estados Unidos e da França (Nasa e CNES) vai estudar os oceanos do planeta, fazendo leituras com precisão maior do que quatro centímetros.O satélite Jason-2 analisará não apenas o aumento no nível dos mares, mas também vai revelar como grandes massas de água estão se movimentando pelo planeta.A informação será fundamental para ajudar as agências meteorológicas a fazer melhores previsões do tempo.O Jason-2 vai fornecer um mapa topográfico de 95% das partes livres de gelo dos oceanos da Terra a cada dez dias.Apesar de todos pensarem que os oceanos são planos, eles são marcados por "colinas" e "vales". A elevação é um parâmetro importante para oceanógrafos - a altura do oceano pode dar detalhes do comportamento do fundo das águas.Os dados dão pistas para a temperatura e a salinidade. Quando combinadas com informações sobre a gravidade, também podem indicar a di…

Na ditadura, argentina grávida teve que cavar a própria sepultura (Efe)

BUENOS AIRES - Uma jovem grávida teve que cavar sua própria sepultura antes de ser fuzilada durante a última ditadura argentina, revelou nesta quinta-feira, 19, um ex-agente policial ao depor no julgamento de oito ex-militares realizado na província de Córdoba (centro).O ex-agente policial Carlos Beltrán disse que foi expulso dessa força de segurança por se negar a executar duas pessoas seqüestradas pela ditadura (1976-1983), entre elas uma jovem grávida, embora tenha dito que foi testemunha de seu fuzilamento, em 1977."Era noite quando os levamos em um caminhão Unimog a um monte e pediram-me que os fuzilasse. Neguei-me a fazê-lo, dizendo que isso era um assassinato", relatou o agora ex-agente policial.Ele lembrou que fizeram as duas vítimas cavarem uma fossa e, quando estas se recusaram, outros agentes policiais precisaram cumprir a ordem."A menina ficou cansada e, quando tentou se reanimar, um deles tirou uma pistola e atirou nela até matá-la", contou Beltrán, an…

Europa endure regras contra imigrantes ilegais

por Daniela Rocha, em Bruxelas, para Folha

A partir de 2010, imigrantes considerados ilegais nos países da União Européia poderão permanecer presos, em centros especiais de detenção, por até um ano e meio, sem julgamento, até que sejam deportados.

O Parlamento Europeu aprovou ontem a chamada Diretiva de Retorno, que determina regras comuns para lidar com imigrantes irregulares -que não têm permissão legal para entrada, permanência ou residência em países da UE.



Hoje, a detenção varia de país para país e é aplicada de acordo com leis nacionais. A Diretiva de Retorno foi apelidada de Diretiva da Vergonha por ONGs que defendem os imigrantes.

Com a diretiva, todos os imigrantes ilegais no bloco passarão por procedimentos comuns. Uma vez identificados, receberão por escrito a decisão administrativa ou judicial para sua deportação. Terão prazo entre 7 e 30 dias para saírem voluntariamente.

Após esse período, as autoridades emitirão ordem de remoção. Se considerarem que há risco de fuga…

Governo brinca com militares, diz pesquisadora

Para a cientista política Maria Celina D'Araújo, do Centro de Pesquisa e Documentação Histórica da FGV, o episódio com os jovens do morro da Providência assassinados após serem detidos pelo Exército precisa ser tratado como grave crise institucional de uso eleitoral das Forças Armadas para beneficiar um grupo político.

A reportagem e a entrevista é de Antônio Gois e publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, 18-06-2008.
Autora de estudos e livros sobre a atuação das Forças Armadas, ela diz que o governo Lula tem empurrado os militares a funções que não são as deles e que eles não querem assumir, como o papel de polícia ou a atuação em projetos sociais.

Segundo Maria Celina, estão "brincando" com as Forças Armadas, desvirtuando-as de sua função como se fossem a solução para todos os problemas.

Eis a entrevista.
Em 2006, quando o Exército ocupou o morro da Providência para tentar recuperar fuzis roubados, a senhora disse, em entrevista à Folha, que a atuação nas ruas por te…

Militares apontam tenente como responsável por mortes no Rio (Estadão)

RIO - Os depoimentos de oito dos 11 militares acusados de terem entregue três joves moradores do Morro da Providência  para traficantes de uma facção rival do Morro da Mineira apontam para o tenente Vinícius Ghidetti como único responsável pela operação. Mesmo depois de ter recebido a ordem de um capitão para liberar os rapazes, detidos por desacato, Ghidetti teria decidido dar um "corretivo" nos jovens. "Tô cagando para o capitão", teria dito o oficial, segundo os praças que prestaram depoimento ontem. Os oito militares foram ouvidos entre 13h e 21h30. O delegado Ricardo Dominguez ouviu os acusados para determinar a participação de cada um deles no episódio. Ele definiria ainda quais seriam indiciados por seqüestro ou homicídio triplamente qualificado. Até as 23h, o delegado não havia dado entrevista. Os 11 militares estão detidos no 1º Batalhão de Polícia do Exército desde domingo, quando a Justiça determinou a prisão temporária do grupo por 10 dias. Pela manhã, …

"O ser humano deseja ser máquina; já somos híbridos"

“Nós desejamos ser máquinas, estamos reconstruindo o nosso corpo, para reformá-lo". Essa afirmação foi feita pelo filósofo Timothy Lenoir (foto) em entrevista ao IHU OnLine. Algumas outras pessoas diriam que nós sempre fomos ciborgues, ou seja, sempre fomos híbridos de uma certa forma. Essa é a natureza da sociedade humana. A sociedade humana criou e desenvolveu o humano, o desenvolveu em uma estreita combinação e diálogo com a tecnologia”.

Para ele, “nós já passamos há muito da divisão homem/máquina”. O fato é que nós apenas não sabíamos disso. E ele continua: “Nós desejamos ser máquinas, estamos tornando a natureza em máquinas e utilizando processos naturais agora compreendidos como máquinas para reconstruir o corpo, reformá-lo”.

Professor e pesquisador da Universidade de Duke, nos EUA, no dia 27 de maio de 2008 ele concedeu ao IHU, depois de ter participado do Simpósio Internacional Uma sociedade pós-humana? Possibilidades e limites das nanotecnologias, que se realizou na U…