Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março 30, 2008

Pai de Isabella não recebe visitas e madrasta fica 21 horas sem comer (Diário de São Paulo)

por Fabiano Nunes e Tiago Dantas

SÃO PAULO - O consultor jurídico Alexandre Nardoni não recebeu visita de parentes no primeiro dia em que ficou na cadeia do 77 DP (Santa Cecília). Ele foi mantido sozinho em uma cela e passou boa parte do tempo sentado no chão. Alexandre não dormiu durante a madrugada.No local existem quatro celas, que estão ocupadas por 17 presos, incluindo o consultor. Segundo a polícia, Alexandre não foi hostilizado em nenhum momento.

- Ele está numa cela ao lado de pessoas que foram presas por crime sexual - disse um policial do 77 DP.

O delegado Albano Fernandes disse que os presos recebem visitas de familiares na primeira e na terceira quinta-feira de cada mês. De acordo com ele, a visita dos advogados acontece quantas vezes for necessário. A cadeia do 77 DP também atende pessoas que foram detidas na cracolândia, região da Luz, no Centro, conhecida por reunir viciados em crack.

- Os familiares podem trazer colchonete, roupas, alimentos e objetos pessoais para o preso…

Mia Couto fala da influência de Jorge Amado na cultura dos países africanos lusófonos (Estadão)

Íntegra da palestra do moçambicano Mia Couto (foto) em homenagem a Jorge Amado, lida em São Paulo no dia 25

por Mia Couto (*)

Eu venho de muito longe e trago aquilo que eu acredito ser uma mensagem partilhada pelos meus colegas escritores de Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné Bissau e São Tomé e Príncipe. A mensagem é a seguinte: Jorge Amado foi o escritor que maior influência teve na gênese da literatura dos países africanos que falam português.

A nossa dívida literária com o Brasil começa há séculos, quando Gregório de Mattos e Tomaz Gonzaga ajudaram a criar os primeiros núcleos literários em Angola e Moçambique. Mas esses níveis de influência foram restritos e não se podem comparar com as marcas profundas e duradouras deixadas pelo baiano.

Deve ser dito (como uma confissão à margem) que Jorge Amado fez pela projeção da nação brasileira mais do que todas as instituições governamentais juntas. Não se trata de ajuizar o trabalho dessas instituições, mas apenas de reconhecer o imenso po…

Caso Isabella: perícia aponta que assassino tinha pressa (Estadão)

Um só corte, com tesoura e faca, foi feito na tela por onde a menina caiu

Bruno Tavares e Marcelo Godoy

O criminoso tinha pressa. Quem matou Isabella de Oliveira Nardoni fez um único corte horizontal na tela de proteção do quarto de onde a menina caiu ou foi atirada, há uma semana, do 6ª andar do Edifício London. O instituto de Criminalística (IC) concluiu que dois instrumentos foram usados para cortar o nylon da tela: uma tesoura e uma faca com serra.

Os exames feitos pelos peritos do IC constataram que o assassino começou a cortar a tela de proteção da janela com um instrumento semelhante a uma tesoura, mas encontrou dificuldade e apanhou outro instrumento para concluir o corte. Um microscópio eletrônico está analisando duas facas encontradas em uma gaveta do apartamento. O nylon pode ter deixado polímeros na serra da faca. “A tela não se rompeu por acidente”, afirmou um dos peritos.

A perícia recebeu ontem uma amostra de sangue de Isabella para compará-la com as manchas de sangue encon…

Caso Isabella: ciúmes é um dos focos da investigação (Estadão)

Segundo depoimentos, relação de Alexandre com mãe de Isabella incomodava a madrasta; casal tinha idas e vindaspor Laura Diniz A palavra ciúme foi citada várias vezes no inquérito, disse ontem o promotor Francisco Cembranelli. Ele não esclareceu, no entanto, em quais circunstâncias isso ocorreu. Testemunhas disseram à polícia que o casal Alexandre Nardoni, de 29 anos, e Anna Carolina Trotta Peixoto Jatobá, de 24, discutia constantemente. O Estado apurou que o fato de Alexandre ter de falar com a bancária Ana Carolina Cunha de Oliveira, de 25 anos, mãe de Isabella, incomodava a atual mulher dele.

Não consta do inquérito, no entanto, nenhum episódio de sábado que pudesse ter causado a suposta discussão entre o casal, ouvida por vizinhos minutos antes da tragédia. O que se tenta apurar agora é se o ciúme da madrasta tem algo a ver com o caso e em que medida.

Uma colega do casal na faculdade de Direito, que preferiu não se identificar, disse ao Estado que eles tiveram muitas idas e vindas. “…

Livro revela pressões de Lula, Dirceu e Berzoini sobre Radiobrás (Estadão)

Eugênio Bucci sofreu bombardeio ao combater governismo na estatal, mas terminou respaldado pelo presidente

por Daniel Bramatti

No dia 15 de junho de 2004, o então todo-poderoso ministro José Dirceu mandou um bilhete para seu colega Luiz Gushiken para se queixar de que a Radiobrás, empresa de comunicação do governo, havia se transformado em um órgão de “oposição”. Um ano depois, também por escrito, o mesmo Gushiken recebeu de Ricardo Berzoini, então ministro da Previdência, uma reclamação semelhante: na cobertura de uma paralisação de servidores federais, a estatal estaria fazendo “propaganda” de um movimento “puxado pelo PSTU e PFL”.

Em dezembro de 2005, o próprio presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, manifestou - não pela primeira vez - sua contrariedade com a Agência Brasil, órgão oficial cujas chamadas estariam “piores que as manchetes dos jornais que mais criticam o governo”.

O alvo das pressões era o presidente da Radiobrás, Eugênio Bucci, que desde 2003 se dedicava a u…

Processos de fiéis contra "O Globo" repetem forma usada contra Folha (Folha_

Fiéis da Universal refutam reportagem sobre tentativa de "intimidação" da mídia

DA SUCURSAL DO RIO

Quatro fiéis da Igreja Universal entraram com ações na Justiça, por danos morais, contra o jornal ""O Globo". Alegam se sentir ofendidos pela reportagem "Igreja Universal tenta intimidar jornalistas", publicada em 14 de fevereiro, que relatava o caminho jurídico adotado pela Iurd contra a Folha e o jornal ""Extra", do Rio.

O texto informava que dezenas de fiéis e pastores da igreja entraram na Justiça contra a Folha e a jornalista Elvira Lobato, autora da reportagem ""Universal chega aos 30 anos com império empresarial", publicada em 15 de dezembro de 2007, sobre o patrimônio da Iurd. Os pedidos de indenização, com muitos parágrafos idênticos, são apresentados em juizados especiais em vários Estados, dificultando a defesa.

Nas ações movidas contra o ""O Globo", distribuídas nos dias 3, 7 e 12 de março, os fiéis s…

Dilma nega dossiê e cogita até invasão de computador (Folha)

Ministra usa reprodução publicada pela Folha para lançar suspeita de manipulação

"Esse processo tem uma direção certa; é endereçada a mim", afirmou Dilma, que chamou de "suposto dossiê" o conjunto de planilhas

MARTA SALOMON
DA SUCURSAL DE BRASÍLIA

Apresentando-se como principal vítima da crise do dossiê, a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) levantou ontem a possibilidade de "invasão" dos computadores do Palácio do Planalto. Ao se manifestar sobre a reportagem da Folha com cópia do dossiê com gastos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso extraída diretamente da Casa Civil, Dilma insistiu na versão de que teria havido montagem das informações contidas no banco de dados organizado no órgão.

"Há a possibilidade de um computador da Casa Civil, um bem público, ter sido invadido", afirmou a ministra em pronunciamento. Ironicamente, sugeriu que seria fácil rastrear a "invasão" da rede do Planalto. "Parece a história do agente secreto com…

Lula e ministra resistem a acionar Polícia Federal (Estadão)

Receio é de que os agentes transformem a apuração em espetáculo, ampliem o foco do trabalho e vazem dados sobre a montagem do dossiê

por Vera Rosa

O Palácio do Planalto teme a entrada da Polícia Federal na investigação sobre o vazamento de informações sigilosas envolvendo gastos do governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2002). O receio é de que os agentes da PF transformem a apuração num espetáculo, ampliem o foco do trabalho e vazem dados sobre a montagem do dossiê que comprometam a Casa Civil. Mais: o governo avalia que a apuração pode sair do roteiro original e ferir de morte a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, hoje a principal candidata do PT à sucessão presidencial, em 2010.

Desde que estourou a crise dos cartões corporativos, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma foram aconselhados mais de uma vez por auxiliares a escalar a PF para o caso, mas resistiram. É por esse motivo que nem Dilma nem o ministro da Justiça, Tarso Genro, foram taxativos, ontem, quando men…

Casal que adotou bebê roubado na ditadura argentina é condenado (BBC)

Justiça determina prisão de envolvidos em seqüestro de filha de desaparecidos

Da BBC Brasil

Um tribunal federal de Buenos Aires condenou à prisão nesta sexta-feira um casal que adotou ilegalmente a filha de desaparecidos durante o último governo militar da Argentina (1976-1983) e o ex-capitão do Exército responsável pelo seqüestro da menina.

A ação judicial foi iniciada pela filha adotiva do casal, María Eugenia Sampallo Barragán, de 30 anos, e é um marco na justiça argentina.

Sampallo nasceu em um centro clandestino de tortura na capital argentina. Seus pais verdadeiros estão entre as cerca de 30 mil pessoas que, calcula-se, foram mortas durante a chamada Guerra Suja.

O juiz sentenciou o pai adotivo de Sampallo, Osvaldo Rivas, a sete anos de prisão, e sua mulher, María Cristina Gómez Pinto, a oito. Eles foram acusados de falsificar documentos e esconder a verdadeira identidade da filha adotiva.

O ex-capitão do Exército Enrique Berthier foi condenado a 10 anos de prisão por ter tirado Samp…

Promotor do caso Isabella chega ao prédio de onde menina caiu (G1)

Francisco Cembranelli pretende ter uma visão espacial do ponto de vista das testemunhas

Nesta manhã, ele disse ver contradições no depoimento do pai e da madrasta de Isabella


por Marcelo Mora

O promotor que acompanha as investigações sobre a morte de Isabella Nardoni, Francisco José Taddei Cembranelli, chegou por volta das 17h30 desta sexta-feira (4) ao prédio onde a menina morreu. Dentro de um carro da Polícia Civil, ele entrou pela garagem, sem falar com a imprensa.

O promotor, que teve acesso ao inquérito, explicou que a visita servirá para ter uma visão espacial do local do ponto de vista das testemunhas. Esta manhã, Cembranelli, concedeu entrevista coletiva sobre o caso, por cerca de uma hora e meia.

Isabella, de 5 anos, morreu no sábado (29). A polícia trabalha com a versão de que a menina tenha sido arremessada pela janela do apartamento onde mora o pai, no sexto andar de um prédio na Zona Norte de São Paulo. Mas o promotor disse, nesta manhã, que não descarta a possibilidade de el…

Promotor reforça hipótese de crime no caso Isabella (G1)

Em entrevista coletiva, ele disse haver dúvidas sobre depoimento de casal

Pai e madrasta foram levados para delegacias distintas na noite de quinta (3)


por Silvia Ribeiro

O promotor Francisco José Taddei Cembranelli, que acompanha as investigações sobre a morte de Isabella Nardoni, de 5 anos, definiu, em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (4), como "fantasiosos" trechos dos depoimentos dados pelo pai e a madrasta da menina à polícia.

“Existem muitas contradições dentro do inquérito, muitos pontos obscuros a serem esclarecidos”, afirmou. O promotor disse ainda que o casal não foi indiciado, referiu-se aos dois como "averiguados" e reforçou que a investigação deve ser feita com cautela.

O promotor afirma que detalhes contados pelo casal a testemunhas logo após o incidente não foram confirmados. Ele citou como exemplo a versão de que o apartamento havia sido arrombado. A perícia comprovou que não havia sinais de invasão no local. "O apartamento não foi a…

Arquivo detalha dossiê da Casa Civil contra FHC (Folha)

EXCLUSIVO - Conjunto de planilhas, com 27 páginas, saiu pronto do Planalto

Organização dos dados sobre gastos da Presidência começou em 11 de fevereiro e seguiu diretriz política, e não lógica administrativa


LEONARDO SOUZA
MARTA SALOMON
DA SUCURSAL DE BRASÍLIA

Cópia de arquivo extraído diretamente da rede de computadores da Casa Civil mostra que o dossiê com gastos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, da sua mulher, Ruth, de ministros tucanos e até da chef de cozinha de FHC saiu pronto do Palácio do Planalto.

O documento, a que a Folha teve acesso, afasta a possibilidade de que tenha havido adulteração nos dados arquivados pela Casa Civil que o governo chama de base de dados, feito de forma paralela ao sistema de controle de gastos de suprimento de fundos, o Suprim.

O conjunto das planilhas, com 27 páginas e 532 lançamentos de despesas ao todo, revela que às 15h28 do dia 11 de fevereiro, a Casa Civil começou a lançar nas planilhas dados colhidos de processos de prestações de contas d…

Pai é suspeito de jogar menina do 4º andar de prédio no Espírito Santo (Gazeta Online)

VITÓRIA - O pai de uma menina de dez anos é suspeito de jogá-la do 4º andar de um prédio no bairro Itanguá, em Cariacica, na noite de quarta-feira. De acordo com o Centro Integrado Operacional de Defesa Social (Ciodes), o pai da criança foi agredido por populares após o incidente. Os vizinhos contaram que a criança disse que pulou do prédio com medo do pai, Charles do Amaral Andrade, de 32 anos. Depois do incidente, o pai teria mandado que ela voltasse para casa. Mas, de acordo com testemunhas, ela não conseguiu porque estava ferida.

A menina foi levada para o Hospital Infantil, em Vitória. Já o pai, depois de agredido, foi socorrido pela unidade de Pronto Atendimento de Itacibá. Em seguida foi conduzido a uma delegacia de Cariacica onde foi indiciado por tentativa de homicídio. Ele permanece detido.

A madrasta da criança, Ana Campos Santana, de 23 anos, também prestou depoimento à polícia e foi liberada em seguida. De acordo com informações obtidas junto à delegacia, o pai disse que nã…

Depoimentos de testemunhas basearam pedido de prisão (Folha)

Folha apurou que principal argumento usado por delegado foram os relatos sobre uma briga antes de a menina morrer

Expectativa era que o casal se entregasse durante a madrugada; caso isso não ocorresse, eles passariam a ser considerados foragidos

LUÍS KAWAGUTI
KLEBER TOMAZ
DA REPORTAGEM LOCAL

A Justiça decretou ontem à noite a prisão temporária por 30 dias do casal Alexandre Nardoni, 29, e Anna Carolina Trotta Peixoto Jatobá, 24, pai e madrasta da menina Isabella Oliveira Nardoni, 5, morta no último sábado na zona norte.
A expectativa da polícia era que o casal se entregasse na madrugada. Se isso não ocorrer, eles passariam a ser considerados foragidos e podem ser presos a qualquer momento.

A polícia não informou em que baseou o pedido de prisão, sob o argumento de não atrapalhar o caso. O delegado Calixto Calil Filho, do 9º DP e responsável pelas investigações, já havia apontado várias divergências no depoimento do pai.

A Folha apurou que o principal argumento do delegado para encaminhar o pe…

TCU critica veto à prestação de contas de centrais (Veto)

DA REDAÇÃO

O procurador do Ministério Público junto ao TCU (Tribunal de Contas da União), Marinus Marisco, criticou o veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao artigo da lei que possibilitava ao TCU fiscalizar as contas de sindicatos, confederações e federações.

Segundo o "Jornal Nacional", Marisco chamou a decisão de retrocesso. "São milhares de sindicatos, milhares de documentos de despesa. Se isso fosse sistematizado pelos sindicatos, naturalmente ficaria muito mais fácil fiscalizar", afirmou o procurador do TCU.

O veto também foi criticado por especialistas. Para o professor Pedro Serrano, da PUC-SP, "deve ser papel do TCU fiscalizar a aplicação de qualquer verba pública, em especial em entidades que são privadas, mas têm caráter comunitário".

Segundo Serrano, o ponto central está na obrigatoriedade do pagamento da contribuição sindical. "Qualquer contribuição compulsória do dinheiro das pessoas ao governo é dinheiro público. Seria diferente se…

Senador tucano admite que recebeu dossiê anti-FHC (Folha Online)

GABRIELA GUERREIRO
da Folha Online, em Brasília

O senador Álvaro Dias (PSDB-PR) disse nesta quarta-feira que recebeu o suposto dossiê elaborado por funcionários da Casa Civil com informações sobre gastos sigilosos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PDSB) com cartões corporativos. Dias, entretanto, não admitiu ser o responsável pelo vazamento do dossiê para a imprensa.

Em seguida, argumentou que a Constituição Federal permite que os parlamentares usem dados que chegam às suas mãos como acharem mais conveniente, inclusive para repassá-los para a imprensa. "Os senadores não são obrigados a prestar informações sobre o que recebem. Se um parlamentar vazou informações para a imprensa, o fez dentro das suas atribuições parlamentares", afirmou.

Em nenhum momento do discurso no plenário do Senado, Dias admitiu o vazamento. Mas deixou claro, após ser questionado pelo senador Tião Viana (PT-AC), que a Constituição concede liberdade para que os parlamentares usem ou divulguem as…