Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 6, 2008

O poder tem medo da Internet, afirma Manuel Castells

Fonte: Instituto Humanitas Unisinos.

Se alguém estudou o que é, por dentro, a sociedade da informação, é o sociólogo Manuel Castells. A sua trilogia A era da informação foi traduzida para 23 línguas. Ele voltou para a Espanha em 2001 e dirige a pesquisa na Universitat Oberta de Catalunya, , depois de ter lecionado, durante 24 anos, na Universidade da Califórnia, em Berkeley. Uma das pesquisas mais recentes é o Projeto Internet Cataluña, em que durante seis anos analisou, com 15 mil entrevistas pessoais e 40 mil pela internet, as mudanças que a Internet introduz na cultura e na organização social. Ele acaba de publicar com Marina Subirats, Mujeres y hombres, ¿un amor imposible? (Alianza Editorial), onde aborda estas mudanças. A reportagem e a entrevista é de Milagros Pérez Oliva e publicada pelo jornal El País, 6-01-2008.

A entrevista.

Esta pesquisa mostra que a Internet não favorece o isolamento, como muitos acreditam, mas que as pessoas que mais usam o chat são as mais sociais.

Sim. Para…

União gastou R$ 33,8 milhões em 2007 com premiações

Fonte: site Contas Abertas.

Os gastos da União no ano passado com a concessão de prêmios a políticos, autoridades, personalidades, entre outros, foram os maiores desde pelo menos 2003. A conta paga pelos órgãos públicos para custear “premiações culturais, artísticas, científicas, desportivas e outras”, somou o montante de R$ 33,8 milhões, incluindo dívidas de anos anteriores (restos a pagar).

O Ministério da Cultura (MinC) foi o órgão que mais gastou com essas homenagens descritas no Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi). Foram R$ 28,8 milhões pagos com os serviços, o equivalente a 85% do valor total desembolsado (veja tabela).

O Rio de Janeiro foi o estado que mais gastou, R$ 9 milhões, ou seja, cerca de um quarto do total gasto em todo o país no ano.

As despesas do governo federal com premiações vêem crescendo a passos largos desde 2003. Naquele ano, a União gastou apenas R$ 1,5 milhão com a distribuição das condecorações. No ano seguinte, já foram R$ 10,2 milhões e, em …

Só em eventos, governo já gastou R$ 430 milhões (Estado de S.Paulo)

Análise dos números do Siafi mostra que exposições e festas são as que mais têm crescido

Sérgio Gobetti, BRASÍLIA

O governo federal já gastou R$ 430 milhões com a realização de exposições, congressos, conferências e festas desde o início da administração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Os dados foram extraídos do Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi) e, num momento em que o próprio presidente determinou a racionalização dos gastos, mostram que esse tipo de despesa supérflua é uma das que mais crescem na Esplanada dos Ministérios e nos demais Poderes.

Entre 2001 e 2003, o gasto médio com essa finalidade oscilava em torno de R$ 42 milhões ao ano. Entre 2004 e 2007, a média pulou para R$ 111 milhões anuais. No ano passado, os Ministérios dos Esportes e do Turismo lideraram a gastança com exposições e congressos: R$ 21,6 milhões e R$ 11,8 milhões, respectivamente. Com festividades e homenagens, quem mais gasta é o Ministério da Defesa (R$ 4,7 milhões ao ano), seguido …

Polícia investiga saques de empresas e da família Sarney (Folha de S.Paulo)

Filho do senador retirou R$ 2 mi dias antes do segundo turno da eleição de 2006; ele nega que exista irregularidade e afirma que saques foram declarados

DA SUCURSAL DE BRASÍLIA

A Polícia Federal investiga saques em dinheiro vivo de R$ 3,5 milhões ligados a empresas e a uma pessoa da família Sarney no período eleitoral de 2006. O Ministério Público Federal também apura o caso.

Foram sacados R$ 2 milhões por Fernando, filho do senador José Sarney (PMDB-AP), nos dias 25 e 26 de outubro (R$ 1 milhão em cada dia). Entre o final de setembro e outubro daquele ano, foram sacados mais de R$ 1 milhão da conta do Sistema Mirante de Comunicação, afiliada da Globo e principal empresa da família Sarney, da qual Fernando é um dos dirigentes. O segundo turno da eleição foi no dia 29 de outubro.

Investigadores ouvidos pela Folha dizem suspeitar de financiamento ilegal de campanha. O inquérito aberto pela PF está sendo conduzido pela sede do órgão em Brasília. O Coaf (Conselho de Controle de Atividades Fin…

Lembra o computador de US$ 100? (Folha de S. Paulo)

Elio Gaspari

Três anos depois, querem vender 150 mil máquinas para a Viúva cobrando US$ 360 de cada uma


HÁ UM CHEIRO de queimado na licitação para a compra de 150 mil laptops para 300 escolas públicas. Pena, porque durante dois anos o governo conseguiu evitar todas as cascas de banana que encontrou no caminho. A pior delas era a idéia de comprar 1 milhão de máquinas numa só tacada. A última, pagar caro pela mercadoria.

Em dezembro passado, foi suspenso o pregão eletrônico que fecharia o negócio. A Positivo, que oferece um modelo da Intel, queria R$ 654 por unidade (US$ 360) e o Ministério da Educação achou o preço salgado. Ainda bem, pois um dia antes a empresa pedira R$ 855. A máquina chama-se ClassMate. Se não trocar de nome, será pernóstico exercício de macaquice.

A compra de computadores para escolas públicas é uma boa idéia cercada de perigos. O primeiro é a marquetagem, interessada em transformar o projeto numa bandeira eleitoral. O segundo é a surda briga comercial que envolve os s…

Desconfiança da população nos políticos já atinge mais de 80%

A credibilidade dos parlamentares e das instituições governamentais, diante dos recentes escândalos de corrupção, parece estar no fundo do poço. Prova disso é o crescente aumento da desconfiança da população nas autoridades brasileiras. Desde 1993, a porcentagem de pessoas que não confiam nos políticos vem crescendo.

Naquele ano, 82% da população não acreditavam; em 1999, mais de 85% e em 2005, cerca de 87% não confiavam na classe política. Em 2005, mais de 70% não acreditavam no Senado e na Câmara. No ano passado, este número subiu para 80,7% e 83,1% respectivamente.

Os dados correspondem a duas pesquisas, uma do Ibope, que aborda a evolução dos números, e outra realizada pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), em parceria com a Universidade de Brasília (UnB), com as informações de 2007.

Mesmo com a crença da população em relação à política estando abalada, o estudo da AMB/UnB mostra que cerca de 90% acha que a corrupção pode ser combatida, sendo a Polícia Federal (PF), o Min…

Governo perde recurso e deve abrir arquivos do Araguaia (Folha de S.Paulo)

Adovocacia Geral da União contestava decisão de tribunal federal de Brasília

Ação, iniciada há 27 anos, cobra a localização exata dos corpos de guerrilheiros do maior conflito entre Exército e esquerda armada

RUBENS VALENTE
DA REPORTAGEM LOCAL

O governo federal perdeu em dezembro um recurso no STF (Supremo Tribunal Federal) contra decisão tomada em 2003 pela Justiça Federal de Brasília e deverá ser obrigado a abrir os arquivos confidenciais relativos à guerrilha do Araguaia, movimento armado de esquerda eliminado pelas Forças Armadas entre 1972 e 1975.

A guerrilha foi iniciada no final dos anos 60 no sul do Pará por militantes do PC do B (Partido Comunista do Brasil). Com inspiração maoísta, pretendia derrubar a ditadura e instalar um governo comunista no Brasil. No decorrer do conflito, segundo o livro "A Ditadura Escancarada", do jornalista Elio Gaspari, morreram 59 guerrilheiros, 16 soldados do Exército e dez moradores da região.

O governo vem recorrendo desde 2003 contra…

TV paga tem mais canal erótico do que educativo (Folha de S.Paulo)

Anuário mostra que são seis de sexo contra três exclusivamente voltados à educação

Ao todo, são 106 canais, dos quais apenas 27, ou 25%, são programados no Brasil; projeto de lei em discussão na Câmara exige o dobro

LAURA MATTOS
DA REPORTAGEM LOCAL

A TV paga brasileira tem mais canais eróticos do que educativos. São seis dedicados ao sexo contra três exclusivamente voltados à educação.
O número consta do "Anuário Pay TV 2008", o mais respeitado levantamento do mercado de TV por assinatura no país, editado há 11 anos.

Os seis canais eróticos atualmente disponíveis são For Man, Playboy TV, Private, Sexy Hot, Vênus e Canal Adulto. Os educativos, Canal Autodesenvolvimento (AD), Futura e SescTV. Não estão incluídos aí os que apresentam também conteúdo educativo, mas são vendidos com outras categorias, como infantil (TV Rá Tim Bum, por exemplo) ou de documentários (Animal Planet, Discovery Channel etc.).

O número de canais eróticos é maior também do que o de musicais (são cinco: a MTV, o…

Ouriços e raposas, por João Pereira Coutinho (Folha de S.Paulo)

São dois tipos de personalidade distintos presentes na história intelectual do Ocidente

ONDE ESTÃO os ouriços? Mistério. Uns tempos atrás, passei uma tarde de conversa em casa de um velho professor inglês que me confessou as suas mágoas mais excêntricas. Como o desaparecimento dos ouriços, já noticiado pelos jornais.

Antigamente, era possível caminhar pelo jardim e encontrar dois ou três. Hoje, nem sombra. A poluição urbana, o uso de químicos na agricultura e o avanço do cimento acabaram com a raça. Ele próprio sentia dificuldades em explicar às netas certos personagens das fábulas, em que ouriços falantes abundam.

Ouvi tudo com a educação possível e, quando ele se levantou para recarregar os copos, passei os olhos pelos jornais do dia. E então reparei, surpreso, que passavam dez anos sobre a morte do filósofo Isaiah Berlin. Sorri. A efeméride era perfeita porque nenhum outro pensador utilizou a palavra "ouriço" com tanta inteligência e propriedade.

Aconteceu em 1953, em ensaio …

Jeremias vai à Justiça após aparecer bêbado no YouTube (Folha de S.Paulo)

LUISA ALCANTARA E SILVA
DA REDAÇÃO

O pernambucano Jeremias José do Nascimento, famoso depois que uma reportagem "protagonizada" por ele -em que dava entrevista embriagado- foi parar no YouTube, está processando oito empresas de comunicação, o buscador Google (dono do YouTube), duas pessoas físicas e uma loja de camisetas. O vídeo virou um dos hits do site.

Ele alega ter sofrido danos morais. Em um programa transmitido pela TV Jornal Caruaru (afiliada do SBT), o repórter fala com Jeremias, levado à delegacia por dirigir uma moto alcoolizado.

A conclusão inicial do Tribunal de Justiça de Pernambuco, de agosto, foi que a "exploração da imagem do autor passou a ter caráter mercantilista" e pede que os denunciados não utilizem mais as imagens, sob pena de multa diária de até R$ 10 mil.
Para o advogado Manoel Affonso Ferreira, especialista em direito jornalístico, não há motivo para a ação. "Se falou espontaneamente, não há razão para tal."

A TV Jornal Caruaru contes…

Obras no Judiciário custarão R$ 312,9 milhões em 2008

Fonte: site Contas Abertas.


A esperada reforma do Poder Judiciário, discutida há anos pela sociedade e que tem o propósito de agilizar de forma efetiva o acesso da população aos tribunais, continua longe da pauta política. De acordo com o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) para 2008, encaminhado pelo governo ao Congresso Nacional, mas ainda não aprovado pelos parlamentares, o Judiciário está preparando outros tipos de reforma. Estão previstos gastos de R$ 312,9 milhões somente em obras como construções de edifícios, reformas de imóveis, entre outras (veja a lista). Para se ter uma idéia, o montante supera, por exemplo, a soma dos investimentos (obras, compra de equipamentos, etc) de quatro ministérios juntos – Cultura, Esporte, Meio Ambiente e Minas e Energia – que têm previstos R$ 279,8 milhões no PLOA para 2008.

A despesa mais significativa do Judiciário com obras este ano será com a construção de um edifício que será sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em Brasília. Estão …

Governo Lula precisa 'criar vergonha na cara', afirma Stedile

Fonte: Instituto Humanitas Unisinos


O economista e diretor nacional do MST João Pedro Stedile disse que, em 2008, o governo Lula deveria criar "vergonha na cara" e cumprir suas promessas de campanha eleitoral.

"Que o governo como um todo crie vergonha na cara e cumpra com seus compromissos históricos de adotar políticas que democratizem a propriedade da terra", afirmou. A reportagem é de Eduardo Scolese e publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, 7-01-2008.

"Que o governo honre com suas promessas do programa de governo de 2002, de priorizar a agricultura familiar e a reforma agrária, caso contrário os problemas sociais só aumentarão e, algum dia, explodirão", completou.

O MST apoiou a eleição de Lula em 2002, fez campanha no segundo turno de 2006 e saiu às ruas para defendê-lo em meio à crise do mensalão, em 2005. Agora, diante das desapropriações de 2007, admite não ter sido surpreendido.

"Esse resultado não nos surpreende. É uma vergonha. Já tínhamos ale…

Schwartz: internet sem espírito gera apenas um monte de 'macacos' jogando videogame

Fonte: Instituto Humanitas Unisinos

O Brasil está dividido entre entre o anseio de se transformar um país desenvolvido e as dificuldades que o fazem permanecer no grupo dos sonhadores subdesenvolvidos. Apostar em tecnologias e, mais especificamente, na produção digital direcionada para o mercado online seria uma possibilidade para o país engatinhar rumo ao desenvolvimento. Com o avanço da produção social na internet, parece que Brasil “vai entrar no mundo desenvolvido em alguns instantes, mas falta muito, muito para chegar lá”, lamenta o professor Gilson Schwartz, da Universidade de São Paulo (USP). Em entrevista por telefone à IHU On-Line, o pesquisador disse que a produção social realizada pelos brasileiros, ainda é baixa e que neste quesito o país “está atrasado”.

Para crescer no mercado imaterial, “sem dúvida a economia precisa crescer, necessita emprego, ou seja, precisamos das condições básicas, mas sem criatividade e inovação, continuaremos a consumir bovinamente o óbvio”, alerta…

Em 2007, Lula tem pior ano em desapropriação de terras (Folha de S.Paulo)

Os 204,5 mil hectares representam quase um terço da média anual do 1º mandato

Governo de petista não atinge mais uma vez a meta de assentamentos; para ministro, capacidade do Incra para agir é limitada

EDUARDO SCOLESE
DA SUCURSAL DE BRASÍLIA

Enquanto mantém na gaveta do Planalto a proposta de atualização dos índices de produtividade (utilizados por técnicos do Incra na avaliação de uma área que pode ser desapropriada), o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve em 2007, disparado, o pior ano em desapropriações de terra para a reforma agrária.

Os 204,5 mil hectares desapropriados por Lula no ano passado, área suficiente para assentar cerca de 6.000 famílias, representam pouco menos de um terço da média anual de 682,5 mil hectares do primeiro mandato (2003-2006).

Até então, o pior resultado da gestão petista havia sido em 2003 (404,7 mil). O volume de 2007, se comparado com 2006 (538,6 mil), representou uma queda de 62%, segundo decretos de desapropriação publicados no "Diári…

Bento 16. ‘Mea culpa pelos padres pedófilos’

Fonte: site Instituto Humanitas Unisinos, de 6 de janeiro de 2008


Combater o câncer da pedofilia no clero católico também por meio de uma oração ‘ ‘mundial’ concebida expressamente para exprimir em alta voz um planetário mea culpa pelo maior escândalo explodido nos últimos anos na Igreja católica. Mas que, ao mesmo tempo, implore ‘a misericódia de Deus pelas vítimas dos padres pedófilos e a santificação do clero’. A notícia é dos jornais Repubblica e Corriere della Sera, 6-01-2008.

O pedido é do papa Ratzinger que, além de solicitar medidas jurídicas justas e rápidas, decidiu iniciar uma mobilização espiritual de caráter internacional contra os escândalos sexuais entre o clero convocando para isso “conferências episcopais, dioceses, paróquias, capelas, mosteiros, conventos, seminários e comunidades”. O anúncio foi feito ontem, numa entrevista do cardeal Cláudio Hummes ao jornal L’ Osservatore Romano.

O prefeito da Congregação para o Clero afirma que é uma “prioridade abrir ‘cenáculos euc…

Lucília, uma comunista nata e de carteirinha (Estado de S.Paulo)

Aos 95 anos e doente, ela exige enterro em assentamento de sem-terra

João Domingos, UBERABA

Lucília Rosa viveu os extremos. Foi ensinada a ser comunista antes da revolução comunista russa de 1917, viu o fim da União Soviética, a queda do Muro de Berlim, a derrocada do sonho socialista, mas não desistiu. Vai morrer comunista. Aos 95 anos, muito doente, mas lúcida ainda, faz sua última exigência política, a de ser enterrada num assentamento de sem-terra, em Campo Florido, cidade a 70 quilômetros de Uberaba.

A história de Lucília está sendo resgatada e será contada em livro pelo jornalista Luiz Alberto Molinar e pela historiadora Luciana Maluf Vilela. O lançamento deverá ocorrer neste mês.

Em 1947, cumprindo missão do Partido Comunista, o velho PCB, então abrigado no PSD, Lucília foi eleita vereadora de Campo Florido, com quase 20% dos votos. Sua campanha foi toda voltada para as mulheres trabalhadoras rurais. Lia para elas obras de Monteiro Lobato. E falava de uma perspectiva utópica para a…

Ditadura argentina montou bases no Brasil (Folha de 6 de janeiro de 2008)

Carcereiro argentino que atuou em centro de tortura durante a Operação Condor revelou ação dos militares em SP e no Rio

Declaração faz parte de um processo na Argentina que culminou, no dia 18 de dezembro, na condenação de 7 militares e um policial

RUBENS VALENTE
DA REPORTAGEM LOCAL

No auge da Operação Condor, acordo feito no final de 1975 entre militares da América do Sul para combater opositores, a Argentina manteve bases em São Paulo e no Rio de Janeiro compostas por membros de suas corporações cujo objetivo era "detectar pessoas vinculadas à "subversão", controlá-las e manterem-se informados sobre todos seus movimentos".

Os militares baseados no Brasil estavam vinculados ao Batalhão de Inteligência 601, centro militar de interrogatórios e torturas localizado nos arredores de Buenos Aires.

As revelações constam de um processo judicial aberto a pedido do Ministério Público argentino e que culminou, no último dia 18, na condenação de sete militares e um policial, …