Câmera furtada envia ao seu dono pela internet fotos dos ladrões (Reuters)

Nova York - Alison DeLauzon avaliou que as fotos e vídeos de seu pequeno filho estavam perdidos para sempre quando ficou sem sua câmera digital durante um passeio de férias na Flórida, Estados Unidos. Então, uma coisa engraçada aconteceu: sua câmera "ligou para casa".

Equipada com um cartão de memória especial com capacidade de acesso sem fio à internet, a câmera não somente enviou as fotos do feriado automaticamente para seu computador, como também mandou as da pessoa que pegou sua bolsa esquecida em um restaurante.

"Eu abri o gerenciador 'Eye-Fi' no computador e havia fotos dos homens que furtaram nossa câmera", afirmou DeLazon, que nasceu em Nova York. "Não é somente a foto do homem que pegou nossa câmera, mas o sujeito tirou uma foto de seu cúmplice segurando nossa outra câmera."

Custando cerca de US$ 100, o cartão automaticamente carrega as fotos para o computador de sua casa ou serviço de compartilhamento de fotos assim que o usuário se conectar a uma rede sem fio familiar.

Assim que os ladrões passaram por uma rede não segura, cujas configurações eram compatíveis com o sistema de DeLauzon, e o 'Eye-Fi' automaticamente enviou as fotos: primeiro as do bebê, depois as dos ladrões.

DeLauzon não quis prestar queixas contra as pessoas que pegaram sua câmera: ambos eram funcionários do restaurante onde ela jantou e acidentalmente esqueceu o equipamento. Os dois foram demitidos pelo incidente.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Artigos de Luiz Felipe Pondé

Europa tem 75 mil prostitutas do Brasil

O que muda na língua portuguesa com a reforma ortográfica