Madrasta de Isabella está ‘bastante abalada’ em presídio, diz defesa (G1)

por Silvia Ribeiro

Advogados do casal visitaram Anna Carolina Jatobá na tarde desta segunda-feira (12).
Segundo defesa, ela espera deixar prisão com decisão favorável sobre habeas corpus.
Silvia Ribeiro Do G1, em São Paulo entre em contato

A madrasta da menina Isabella, Anna Carolina Jatobá, está “bastante abalada e chateada”, segundo informou nesta segunda-feira (12) o advogado Rogério Neres. Juntamente com o defensor Ricardo Martins, Neres permaneceu na tarde desta segunda-feira (12) por cerca de 50 minutos com Anna Jatobá na Penitenciária Feminina Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé, a 138 km de São Paulo.

“Ela está abalada. Embora o local seja mais seguro, ela está numa prisão. Ela está o dia todo trancada em uma cela”, afirmou Rogério Neres. O encontro se deu fora da cela, em uma área em que os detentos se reúnem com os advogados. Eles também levaram recados de Alexandre Nardoni e da família a Anna Jatobá. Os advogados disseram a ela que o pai de Isabella a ama e que a família pede a Deus que a situação se esclareça.


A madrasta de Isabella encontra-se em regime de observação por 10 a 15 dias e, por isso, não tem autorização para encontrar os familiares, apenas os advogados. Apesar de estar abalada, segundo os defensores, ela também está confiante no pedido de habeas corpus para que o casal responda ao processo judicial em liberdade.

“Ela não tinha certeza se o habeas corpus tinha sido impetrado a tempo. Agora ela sabe que existe a possibilidade de sair amanhã. Aumentaram as expectativas dela”, contou Neres.

Os advogados do casal protocolaram o pedido de habeas corpus no Fórum João Mendes na sexta-feira passada (9). A decisão do desembargador Caio Canguçu de Almeida, da 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo, pode ser conhecida na terça-feira (13).

> Mãe de Isabella diz que ciúme da madrasta foi a causa do crime.

> Caso Isabella.

Comentários

  1. Tadinha. Por que ela não ficou abalada quando esganou a garotinha?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Artigos de Luiz Felipe Pondé

Europa tem 75 mil prostitutas do Brasil

O que muda na língua portuguesa com a reforma ortográfica