Andréia: Ronaldo sabia que estava contratando travesti (Extra)


RIO - Em entrevista à agência espanhola de notícias EFE, a travesti Andréia Albertini (foto) disse que Ronaldo não é cego e que sabia - ao contratá-la no domingo - que ela "não era nenhuma Cicarelli" (em referência à ex-mulher do jogador). Ontem, a Associação de Travestis, Transexuais e Transgêneros do Estado (Astra) afirmou que apóia Andréia, mas criticou-a por quebrar cláusula importante do "contrato" que rege a atividade das profissionais do sexo: o sigilo sobre os clientes.

- O princípio básico da relação profissional entre travestis e clientes é o sigilo. É uma questão ética. Andréia não deveria ter delatado um cliente, mesmo que ele tenha se recusado a pagá-la. Um erro não justifica outro. Por um lado, um ídolo do país foi exposto. Por outro, Andréia está sem trabalhar, e as meninas temem represálias - diz a presidente da Astra, Marjorie Marchi.

Membro da Câmara Técnica para Elaboração do Programa Estadual Rio Sem Homofobia, ligada à Secretaria estadual de Assistência Social e Direitos Humanos, Marjorie diz que os integrantes estão exigindo das autoridades tratamento igual para Ronaldo e Andréia. Mas garantiu que não vai acobertar qualquer mentira da travesti:

- Não sei qual a versão verdadeira, se a da extorsão contra Ronaldo, ou a da agressão contra ela, mas ambas devem ser investigadas. Por que Ronaldo seria mais confiável que Andréia? Não queremos uma travesti espancada, nem um pai de família achincalhado por mentiras. Assim, se a Andréia tiver falado alguma coisa que não é verdadeira, para ter o apoio da Astra, terá que se retratar.
Fantasia dos homens

Segundo Marjorie, muitos homens famosos procuram - e mais de uma vez - os travestis, que oferecem "mão-de-obra mais especializada":

- A prostituta mulher pode ser acessada por qualquer um. Já a travesti atende a uma fantasia mais específica do homem, como a de ser possuído por outro homem. A figura da travesti desperta desejo.

Andréia chegou ontem à noite ao Rio, no aeroporto Santos Dumont, às 20h20m. A travesti não falou com a imprensa, mas, ao ter seu nome gritado pelos passageiros no saguão, abaixou o vidro do táxi e acenou, sorrindo.

Amor abençoado pela sogra

Uma companheira carinhosa, que adora ouvir Vanusa e música italiana, ver filmes de terror pela TV, torce pelo São Paulo e prepara um delicioso macarrão com salsicha e lingüiça.

Essa é a descrição da travesti Andréia Albertini pelo marido, o auxiliar de trânsito desempregado Jorge Rosa Fernandes, de 24 anos. Segundo ele, a convivência com a parceira é tranqüila, exceto quando ela chega de manhã, cansada do trabalho, que pode incluir até 15 programas por noite.

- Muita gente da alta sociedade sai com ela, clientes de nome. Já teve dois cantores famosos, um ator que fez filme pornô - conta Jorge.

Segundo ele, a única dor-de-cabeça do casal até hoje foi Ronaldo. Ao contrário do Fenômeno, Jorge não foi "enganado" por Andréia.

O tamanho das mãos e pés denuncia o sexo, segundo ele. Fora isso, diz, Andréia é feminina. E natural, não fossem os hormônios que toma diariamente e as intervenções plásticas para afinar o nariz e dar retoques no rosto.

Pais abençoam

- Ela tem pouquíssimos pêlos no rosto, você nem nota - conta Jorge.

Ele interrompe a entrevista para falar com a mãe ao celular. E dispara um "Bênção, mãe".

- Meus pais sabem e me apóiam. Sempre joguei limpo com eles - diz Jorge, criado na Cidade Alta, em Cordovil.

Ele conta que, quando soube que Andréia fazia programas, ficou um pouco chocado. Mas entendeu as razões.

- Nunca vou abandoná-la. Ficarei ao lado dela até o fim.

> Ronaldo se envolve com travestis e diz que foi vítima de extorsão. (Globo Esporte)

> Jornais europeus dão destaque ao caso. (Youtube)

> Maria Beatriz termina o noivado com Ronaldo. (Extra)

> Andréia diz que Ronaldo sabia que estava com um travesti.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Artigos de Luiz Felipe Pondé

O que muda na língua portuguesa com a reforma ortográfica

Europa tem 75 mil prostitutas do Brasil