Tortura alterou metabolismo de menina L, dizem médicos (Agência Estado)

GOIÂNIA - A empresária Silvia Calabresi Lima se revelou uma mulher sádica e cruel para um grupo de médicos, que nos últimos seis dias, realizou exames variados no corpo de LRS, a garota de 12 anos encontrada amarrada no apartamento da empresária em Goiânia. Um dos problemas descobertos por eles é o metabolismo da garota, que foi afetado pelas agressões. Aos 12 anos, a menor ainda não entrou no ciclo menstrual. O último exame, uma ressonância magnética nos braços, foi realizado ontem.

O laudo médico será divulgado hoje, segundo o Hospital São Francisco. A ressonância magnética foi feita pelos médicos para descobrir um tipo de febre, de 39ºC que aparece e depois some. Acreditam que é devido ao esforço para se manter na ponta dos calcanhares, enquanto suspensa pelos braços amarrados às correntes. Há, também, uma lesão na língua e quatro cicatrizes que nasceram após Silvia cortar a língua dela com alicate.

Os médicos adiantaram que, à medida em que as feridas, marcas e contusões eram localizadas, LRS relatava como surgiram em seu corpo. A menina foi marcada com ferro elétrico, de passar roupa, em cada um dos glúteos. A região lombar também foi marcada pelo ferro quente. Há cerca de 11 buraquinhos no couro cabeludo. LRS explicou como eles surgiram: "A tia Silvia fez com o salto do sapato alto". A mucosa do nariz está ferida: "Ela enfiou uma tesoura no meu nariz". Você sente dores no abdome e nas costas?, perguntaram os médicos. "Sim, muita, ela me batia e dava socos nas minhas costas e na barriga". Há atrofias nos braços, ruídos nos ouvidos, necrose embaixo das unhas das mãos: "Ela se acalmava quando via os dedos prensados na porta", contou a menor.

Hemogramas e eletroencefalogramas precedem as consultas com dermatologista, cardiologista, clínico geral, oftalmologista, pediatra e neurocirurgião. Um dentista reconstruiu um dente da arcada superior, e retirou as sobras do aparelho ortodôntico avariado dentro da boca. Os exames também revelaram os dias tensos - dois anos - da menina na companhia da empresária, e as causas do quadro agudo de desnutrição.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Artigos de Luiz Felipe Pondé

O que muda na língua portuguesa com a reforma ortográfica

Europa tem 75 mil prostitutas do Brasil