Criminosos são minoria no Orkut, diz presidente do Google Brasil à CPI (Folha)

ALEXANDRA BORGES
da Folha Online, em Brasília

O diretor-presidente do Google Brasil, Alexandre Hohagen, disse nesta quarta-feira (9) durante audiência da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Pedofilia do Senado, que, do total de avisos de abusos que chegam ao Orkut, apenas 0,4% estão relacionados a crianças.

"Não é possível que uma comunidade de 27 milhões de pessoas seja prejudicada por alguns criminosos", afirmou.

De acordo com Hohagen, desde o início de 2007, a companhia possui um departamento responsável por responder ações judiciais externas. Além deste, disse Hohagen, há uma equipe de dez pessoas que trabalha durante toda semana para acompanhar as denúncias de abuso.

Questionado pelo relator da CPI, senador Demóstenes Torres (DEM-GO), se não há defasagem de pessoal para acompanhar o uso e até mesmo para combater problemas como aliciamento infantil, o presidente do Google Brasil disse que a atuação da equipe têm conseguido responder com eficiência a esses abusos, auxiliada pelos usuários.

Hohagen declarou que a liberdade proposta pelo Orkut --site de relacionamento mais popular da rede brasileira -- garante a possibilidade de contar com os usuários como agentes do combate contra qualquer forma de abuso.

Para o procurador da República no Estado de São Paulo, Sergio Gardenghi Suiama, o controle é frágil e é difícil combater os abusos dentro do ambiente eletrônico. Suiama mostrou estatísticas sobre o uso da internet por crianças e adolescentes. Segundo os dados, 64% das crianças e adolescentes acessam internet no país, sendo boa parte delas usuárias do Orkut.

Esses percentuais, diz Suiama, deixam claro a incapacidade do Google em vetar o uso do Orkut por menores de idade. Para ele, as crianças que acessam o site estão expostas a: assédio e aliciamento, "cyberbullying" (humilhação) e distribuição de fotografias e imagens contendo imagens de pornografia infantil.

O procurador afirmou ainda que houve uma explosão das denúncias de abuso desde que o Orkut se popularizou no país.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Artigos de Luiz Felipe Pondé

Europa tem 75 mil prostitutas do Brasil

O que muda na língua portuguesa com a reforma ortográfica