Para entidade, ações contra Folha atacam liberdade (Folha)

DE CARACAS

As dezenas de ações movidas por fiéis da Igreja Universal contra a Folha e a repórter Elvira Lobato foram o principal ataque à liberdade de expressão no Brasil durante os últimos seis meses, segundo relatório preliminar apresentado ontem no encontro da SIP (Sociedade Interamericana de Imprensa), em Caracas.

"É uma tentativa espúria de usar o Poder Judiciário contra a liberdade de imprensa, de privar o cidadão do direito de ser informado", disse o diretor da Editora Abril Sidnei Basile, membro da Comissão de Liberdade de Imprensa e Informação da SIP encarregado de apresentar a situação do Brasil.

Para Basile, as ações contra a reportagem "Universal chega aos 30 anos com império empresarial", publicada em dezembro de 2007, revelam "uma das piores faces do cerceamento à liberdade de expressão".

Até anteontem, havia 76 ações contra a Folha -desse total, 20 foram julgadas, todas favoráveis à Folha e à repórter.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Artigos de Luiz Felipe Pondé

O que muda na língua portuguesa com a reforma ortográfica

Europa tem 75 mil prostitutas do Brasil